quarta-feira, 24 de abril de 2013

Sou uma péssima vendedora

decididamente eu não tenho jeito nenhum para os negócios. Não consigo simplesmente cobrar. Dá-me sempre pena das pessoas, então geralmente nestas coisas, eu tenho que me afastar e deixar os outros tratarem por mim. Cada macaco no seu galho!
Não discuto sobre minha profissão que isso eticamente não se coloca, mas de pequenas coisas, que por vezes temos e que valem alguma coisa.
Com insistência do meu marido, coloquei um anuncio e vendi, num piscar de olhos, o meu quinny buzz. Fiquei surpreendida, porém eu também pedi um preço justo, a roçar o baixo, logo seria um bom negócio para quem compra.
Lembrei-me que tenho uma bomba de leite, praticamente nova. O meu marido comprou-a por capricho meu, simplesmente porque na altura de introdução dos novos alimentos, aos 6 meses da minha Carmen, a miuda rejeitou a papa! ahahaha. então eu pensei que, se a fizesse com o meu leitinho ela comeria melhor.
Achei que deveria comprar, que me havia de fazer jeito, que não valia a pena estar a pagar um aluguer, mais valia tê-la para mim.
Acontece que a Carmen ficou comigo até aos 2 anos e não usei a bomba. Volta e meia, lá eu experimentava tirar leite, e na realidade, eu era literalmente, uma "vaca leiteira", porque em segundos enchia um biberão.
Meu medo era sempre de ter que me ausentar e não estar na hora de mamar, e por esta razão, congelava leite, que infelizmente foi todo desperdiçado, pois nunca precisei usar!
Então da minha Eva, nem liguei a máquina.
Vai na volta e pensei colocá-la à venda por um preço baixo. ahahahaha.
Não recebi muitos comentários, mas 1 dia que não andei com telemóvel tinha uma série de chamadas não atendidas de um nr desconhecido. Liguei preocupada, afinal era uma interessada na máquina: que viria ver, e lá, lá, lá... Ok. Ficou um tempo sem dizer nada, entretanto manda-me sms! Ok! Então ontem de repente telefona-me a dizer que está perto e se podemos encontrar... Precisamente na hora d eir buscar as miudas.
Como disse que não estava longe, então decidi esperar antes de ir apanhá-las. Aparece-me no sitio que combinou, querendo ligar a máquina para experimentar!!!!! Bem, ok, válido.
Mas, no sitio não havia nada! Finalmente achei um salão de cabeleireira e pedi o favor ligar à corrente. A coitada sacou mama de fora, muito sem jeito, porque estavam pessoas ali.... Eu fiquei estupefacta!
1.º porque pensei que queria averiguar se a máquina funcionava, não que extraisse leite.
2.º porque para fazer extracção leite, uma pessoa que nunca extraiu tem que estar informada que devem haver um conjunto de circunstâncias ideais que permitam activar o reflexo de ocitonina!
Moral da história: a sra ali de pé, numa posição incorreta, mesmo com a máquina ligada no máximo não saiu uma pinga de leite! Talvez quisesse encher um biberão!
Eu estava azul, a ver o tempo a passar e a perceber que aquela situação não fazia o mínimo de sentido: hora e local errado!
Enfim, disse que tinha que ir buscar as minhas filhas (isso é mais importante para mim) e que ela se quisesse me ligasse antecipadamente para combinarmos nos encontrar com calma e em local apropriado para que lhe explicasse tudo convenientemente e pudesse dar-lhe dicas para a extracção do leite.Isso se quiser.
Uma máquina tão boa e nova a ser tratada desta maneira!
Não sei se a quero vender mais, acho vou guardar para as minhas filhas! ahahahahaah.


2 comentários:

Dina disse...

Isto das vendas ás vezes é chato. Mas eu não coloco nº. de telefone - só dou o numero depois de contactos por email e de saber se realmente querem. Bem eu anuncio no olx, e ja vendi a espreguiçadeira do alex, livros, uma maquina de remo que nao usava (o marido ficou possesso porque vendi barato) e tenho o carrinho de bebe pra vender mas não tenho conseguido vender. Tenho uma serie de livros a venda no site mantinha etc. mas tb sou como tu preços baixos - oh e mesmo assim não se vende.

Catarina Viegas disse...

Epá...o preço devia ser mesmo bom, para a senhora agir como agiu.
Pois, eu também tenho esse problema e se tudo correr bem com a empresa, já disse ao Armando que ele é o caixa :-).
Beijinhos