quarta-feira, 3 de abril de 2013

Auto-hemoterapia

sinto que chegou o momento de falar um pouco sobre esta técnica que descobri no decorrer da minha saga anti-acne. Quem me acompanha sabe que tenho dispendido tempo, € e muita preocupação pelo estado lastimável da minha face.
Na adolescência nunca tive grandes problemas de acne. Quando iniciei os tratamentos de fertilidade comecei a ter acne, aquele horrivel, especie quisto sebáceo. Depois com as gravidezes o aspecto da pele melhorou. Amamentei quase 4 anos, e neste ultimo comecei novamente a ter algum acne persistente, que se agravou no Verão, quando não tive tanto cuidado com a exposição solar. Depois de alguns tratamentos tópicos, decidi-me pela homeopatia.
Foi no final do ano, e aí desesperei. Desesperei porque o problema se agravou com os remédios e eu fiquei com a cara literalmente em chaga. Se isto é processo de cura, tudo bem, mas o meu desconforto e desânimo aumentou, porque eu queria tratar e só via piorar. Deixei todos os cremes hidradantes, só colocava creme hidratande bebe. De noite colocava gel de aloe vera. Ainda assim, dia sim dia não, verificava alterações brutais na pele e me salatav um espécie de herpes: junto à boca, depois ao queixo, ao pescoço. Via o meu € sumir e me agarrava ao processo de desintoxicação do organismo. Fiquei com lesões feias e dificeis cicatrizar...
Foi então que nas minhas pesquisas me deparei com a auto-hemoterapia. Como o meu sogro é enfermeiro, a coisa se tornou mais fácil, tinha facilmente o problema das aplicações resolvido. Contatei com o administrador da comunidade "amigos da cura" que me elucidou sobre como deveria gerir o processo.
As suas palavras foram tão convicentes que me enchi de confiança. Ele disse-me: "com 1 mês de aplicação verá significativas melhoras, pode parar dentro de 2, 3 meses se quiser"; "se cortar com o açucar a cura será mais rápida".. Dia 29 Janeiro, foi quando iniciei a auto-hemoterapia. A minha pele foi sofrendo mutações muito positivas, as borbulhas começaram a sarar. Num mês, eu senti a pele muito mais lisa, embora me preocupasse as cicatrizes horriveis de todo o acne que a homeopatia fez romper. Pensei para mim, e agora? O acne regride mas as marcas estão tão vermelhas que parece que tenho acne à mesma"... Pensei então que isso seria resolvido com algumas sessões de laser se fosse o caso.
Passados 2 meses, a pele continua em regeneração! As marcas estão menos visiveis inclusivé! Já só coloco uma pequena porção de base para uniformizar a pele.
Os resultados são fantásticos. Simples e económico. Se eu soubesse disto há mais tempo, não teria gasto rios de dinheiro em cremes e homeopatia.
Porém, eu sei e sinto que cada coisa tem de acontecer em seu devido tempo para se puder assimilar, amadurecer e olhar para as coisas sob outras perspectivas.
Hoje, continuo com as aplicações de auto-hemoterapia, faço uma máscara (ou tento fazer) pelo menos uma vez por semana de argila (comprei o pó na ervanária a um preço irrisório) e tomo um suplemento de zinco, formula especifica para acne.
Tirei umas fotos da minha face no inicio do processo. Tenho que postar o antes e o depois, se bem que só quem lida comigo diariamente consegue perceber a diferença brutal. É que continuo com algumas marcas que na foto pareceria acne.
Espero que a minha experiencia possa contribuir para ajudar outras pessoas que padecam deste problema.
Pesquisem sobre auto-hemoterapia.


2 comentários:

Cristina Silva disse...

Boa noite Carla. Encontrei o seu blog na procura de informação de auto hemoterapia. Vivo em Albufeira e por aqui parece que ninguém ouviu falar... pode-me dar algumas dicas? Abandonou os tratamentos? O que achou da terapia? Há alguém que aplique o procedimento por estes lados? Agradecia-lhe alguma informação / opinião. Obrigada. Cristina

Carla disse...

olá cristina, como está?
tenho ivndo pcas x ao blog, deparei-me por acaso com as suas questões. o meu mail é carla.gsantos@gmail.com, diga qq coisa que falamos