segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

15 meses e...



um BOM E FELIZ NATAL!


a todos aqueles que nos visitam, às minhas companheiras de luta e amigas, desejo-vos tudo d e bom ;)
Nós estamos bem. A Carmen está uma malandra bonitinha. Ainda não anda sozinha, mas já vai só agarrada a uma mão, às nossas calças ou de móvel em móvel.
Fez 15 mesitos, parece que foi ontem. Neste momento, diz mama, papa, vovo, popo, titi e mtos sons imperceptiveis. Brinca ao faz de conta com os bonecos, tem 2 dentes, expressa-se com facilidade, tem uma grande inteligência emocional. Adora a piscina, aliás é uma das mais novas, mas destaca-se dos outros, pelo à vontade que tem com a água, pela capacidade de execução dos exercicios, enfim. O pai diz que temos aqui vocação (tadinha tão pequena), e a professora acho que tb, pois ficou mto admirada qdo lhe dissemos que era a primeira vez que frequentava a piscina. Faz birras, é persistente qdo quer alguma coisa. Muito meiguinha, dá-nos massagens e tb gosta de recebê-las. Aponta todas as partes do corpo, dela e nossas e é capaz de acompanhar por gestos as canções que lhe vou cantando. Continua a mamar e adora as mamas! Entretem-se com os livros e revistas e já faz que conta os dedos até 5, haviam de ver, oooo, doooo eheheheh. A apontar um dedo de cada vez até abrir toda a mão. E mais um sem nr de outras habilidades... n saia daqui.
Estamos muitos felizes com o nosso rebento. Só desejo que todas possam sentir aquilo que sinto e me preenche enquanto mulher, afinal foi possivel... basta não baixar os braços
bom natal a todos
Carla

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Os nossos dias

têm sido, como sempre preenchidos!
na semana que passou, fomos visitar um centro infantil que abriu recentemente. Tenho uma amiga a trabalhar lá. fiquei impressionada com as condições e espaço. Não é o mais perto de nós, fica situado num meio rural e isso não deixa de ser mau... o sitio é pacato, não há mto transito para lá chegar e gostei! Em principio terá vaga para a minha menina. Ela quando lá chegou agarrou-se logo a um cavalinho no parque exterior e ficou toda contente. Pior foi quando lhe pegaram ao colo, não gostou nada na brincadeira! ai ai ai, vamos ver com será. Até lá vai ter tempo de "crescer" mais um pouco e eu terei que me preparar para me separar dela. Vai custar-me muito, mas ela irá já aos 2 anos. No fim de contas é uma sortuda.
Os lamentos nocturnos repetem-se. Espreito a gengiva e reparo que o outro dente de cima não tarde e está de fora tb. Tem a boca toda alterada, agora acho que vão vir de seguidinha.
No fim de semana, (Sábado) a Carmen foi á sessão de musica para bebes, ouvir acordeão. Ficou o tempo todo agarrada ao meu pescoço, só quase no fim se soltou e andava ali a querer meter-se com os outros meninos, naquela posição frágil de equilibrio. Gosta mesmo de brincar com outras crianças, Antes disso (Sexta) fomos aos aninhos da vizinha, que fez tb 1 anito e era vê-la a brincar e explorar os brinquedos da outra e interagir com a miudagem. Na tarde de Sábado, levámos a Carmen à 1ª aula de natação! simplesmente adorou! Nunca pensei que corresse tão bem! ela estava tão engraçada de toca e fato de banho. Parecia que já ia às aulas uma série de tempo, super eufórica com a agua, fez tudo o que a professora exemplifiou e no final fartou-se de bater com os pés na água e fez birrinha pra ir embora. Não sei se correu assim tão bem, por ter ido com o pai (eu fiquei na bancada a assistir). Comigo, de fato de banho com as mamas tão perto, não sei... Para o próximo Sábado vai comigo que o pai não pode ir. Depois ainda tivemos tempo de ir às compras e ver o presépio vivo. Portou-se lindamente.
Para compensar, no Domingo não saimos de casa. Muita coisa por arrumar, limpar, preparar comida, receber visitas,etc, etc, etc.
Hoje ficou metade do dia comigo, outra metade com o pai. Está uma verdadeira abusadora, agora goza connosco. Viu o pai tossir, e farta-se de tossir a imitar. Anda maluca com o pai natal, o tempo todo "óh oh óh" e quer que lhe mostre as musicas no pc. Aventura-se cada dia mais um bocado e já dá3 ou 4 passinhos sozinha. Anda e anda e começa a andar quando eu não estiver presente!!!! Não é que passe mto tempo longe dela, mas ...
um beijinho e boa semana
Carla

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Temos dente!

Tcha nannnn: larguem os foguetes! Temos o 1.º dente aos 14 meses. Depois de várias noites de lamento , eis que me apercebo duma pequena cerrinha na gengiva de cima do lado direito. Essa cerrinha rapidamente se transformou num dente. Isto aconteceu pouco depois do post que vos escrevi anteriormente.

As noites mal dormidas, vão e vêem. Esta foi mais uma... A minha menina ora acorda mais cedo, ora mais tarde, dependendo da noite, mas o que é certo é que tem vindo a acordar por norma mais tarde, perto das 9 horas. O que é um stresse para mim, que tenho que a despachar e levar para o trabalho.
Com um misto de pena e alivio, acho que vamos pensar em colocá-la na creche para o próximo ano lectivo.

De resto continua vivaça, parece um papagaio, repete algumas palavras: mama, papa, vovo, Vôvo, e inumeros sons. Andar ainda não! Equilibra-se cada vez mais tempo de pé, e dá 2/3 passinhos para vir aos nossos braços mas ainda lhe falta segurança.

Em relação a nós e à Bimby, temos tido experiências agradáveis! Para quem tem duvidas é um excelente investimento, quer para poupar tempo na cozinha, quer para preparar pratos mais elaborados, sem tanto tacho. Sinto uma diferença enorme na louça que tinha pra lavar, para além de que vou à minha vida e deixo a bichinha a trabalhar é muito prático. Vou mentir se disser que não uso o fogão (por enquanto). Há algumas combinações, como cozinhar, por a varoma e se quiser fazer um arroz ou isso, não sei como se consegue sem recorrer tb a uma panela extra... Ainda me sinto presa às receitas, tempos e velocidades, mas em breve começo a aventurar-me adaptando as minhas receitas, falta-me é só tempo para isso, tenho que dominar bem a bimby, coisa que ainda não domino.
Só vos digo que a máquina n tem parado. Todos os dias faço sopa para a menina, faço nectares e as refeições principais: desde arroz de polvo, lombo de porco no vapor, frango de mil maneiras, peixe,chocolate quente, etc., etc, etc. Ontem como foi feriado e tal é o emplogamento que me jogei a uma receita mais elaborada: Bacalhau na abóbora. Tinha comprado uma linda abóbora já a pensar nesta receita, mas aquilo levou mais tempo que o previsto a cozer (lol) devia ser maior ou outra qualidade de abóbora, mas o resultado ficou delicioso! Quem diria que iria passar tanto tempo na cozinha! Sp gostei de cozinhar, inventar pratos e adaptar outros, mas sp com alguma preguiça. Agora talvez porque tenha que ter sp comer à mesa por causa da carmen, me dedique mais aos nossos cozinhados tb.

E queria tanto publicar umas fotos nossas, mas tem sido muito complicado. Por exemplo tive a janela do post toda a manhã aberta e só agora consegui vir escrever à pressa qq coisa.
Temos muitas novidades, mas a velocidade dos acontecimentos não acompanha o da escrita. Espero ser mais assidua. Muitos beijinhos a todas vocês

Carla

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Dezembro frio..

Bom dia! estive ausente, pois a minha placa da net deixou de funcionar com um problema qq de configuração que só agora foi devidamente resolvido...

Já entrámos em Dezembro, e o frio veio com força para ficar. Gosto de frio, mas é para estar em casa no quentinho.
Agora as novidades. A Carmen melhorou, mas desde que ficou doente pela 1ª vez que não dorme, acorda de hora a hora, ou de meias horas num lamento. Há dias em que ando completamente "sarapantada". Primeiro a gastro, depois a tosse feia, dps o nariz entupido e agora? Não sei. Ela tem a boca toda alterada, aposto que será desconforto provocado pelos dentes. De resto, continua na sua vincada afirmação de personalidade, muito teimosa, faz umas birras que vos vou contar! Quer correr tudo, mas de mãos dadas, ainda não sente segurança a ser deixada sozinha, pede logo a mão.
Anda novamente muito agarrada às mamas e só agora começa a comer alguma coisa de jeito. Emagreceu um pouco, em compensação está cabeluda e safada. A nossa rainha já tem 14 meses!

Quanto a mim, continuo com um aspecto terrivel. Magra, com olheiras e descabelada. lol. Ainda para piorar o cenário, fiquei chocada quando num dia vi o meu cabeleireiro e pensava agendar cortar o cabelo e no outro chegava a noticia que tinha falecido, com 44 anos de idade! Um artista que partiu e vai deixar saudade.Adeus amigo.
O ovo que vos falei na barriga continua cá. Logo me informei junto dum médico que me disse se tratar de um nome esquesito relacionado com o recto abdominal e a gravidez ou parto. Os musculos distenderam nessa zona e só agora me apercebi. Aconselhou-me a continuação do exercicio fisico e deixar andar. se não tiver dores não necessito ir à faca.
Quanto a mim não estou convencida, acho mais que tenha sido devido a algum esforço que fiz recentemente, pois eu tenho a paranóia de frequentemente me esticar para ver os ovários (lol) e não tinha nada disto, não pode ser assim.
Bom, não é nada irreversivel e eu vou passando um laser tb aqui na clinica, pode ser que ajude a fechar o musculo.

E tantas coisas que queria falar! Ah! Já recebi a prenda de Natal do meu marido: Uma bimby! Agora ninguém me pára. Deixem só apanhar o jeito e adaptar as minhas receitas à bichinha.

e vou tentar voltar, há sp tanto para dizer e o tempo esse é sp tão pouco. A minha filhota ficou com o papá de manhã por isso há que por o trabalhinho todo em dia. Sempre mil à hora

beijinhos e boa semana
Carla

terça-feira, 24 de novembro de 2009

uma nuvem que teima em ficar

desde quinta-feira passada que temos tido maus dias cá em casa.
Segundo as palavras da pediatra, um principio de gastroenterite que deixou a minha menina muito doentinha, a vomitar, com febre, sem acção no corpo, só a pedir mama e colo. Os piores dias foram quinta e sexta, depois no Sábado as coisas acalmaram, mas a carmen estava de longe diferente do habitual: molinha, apática, etc., etc. Domingo arrebitou e já brincava bastante, a febre já nem sinal dela e até pensei que a miuda é rija, depressa se curara.
Ontem atrevi-me a levá-la comigo para o trabalho e resultado: passado uma hora tive que vir embora, pois estava super molinha, agarrada a mim, parecia uma macaquinha. Apareceu um tosse com expectoração daquelas feias, que se intensificou de noite.
A noite foi mal passada está claro e hoje nem arrisquei sair de casa. Pedi o nebulizador emprestado à minha irmã e estou à espera que mo traga.
Quanto a mim, sinto-me cansada. Nestes dias cheguei aos 47,50kg e não saio deles. Estou feia de magra, a roupa cai-me mal.
Para melhorar o cenário, há uns dias reparei na minha barriga e não sei se é devido à magreza, apercebi-me quando estava a fazer uns exercicios de abdominais, um alto acima do umbigo parecia um ovo. Não liguei, mas ele cá está e tenho que ir ver o que se passa... Mais uma. Espero que não seja nenhuma hérnia. O meu marido diz-me que pode ser o musculo que rasgou durante o parto e só agora deu pra ver... Hoje vou ter medicos lá na clinica e vou aproveitar para mostrar a barriga e pedir a sua opinião.
Quanto ao resto, decidi por enquanto não tomar pilula nenhuma. O facto de estar a amamentar com grande regularidade, influencia também os ciclos ovulatórios, tanto que este mês ainda não veio o período, não sei se virá. Dizem que os periodos podem ser irregulares, a ver vamos.
Espero que os dias regressem à sua normalidade, pois eu ando de rastos.
boa semana para todas
Carla

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

A Digerir...

Fui a um novo ginecologista. O que este tem a mais, o meu tinha de menos. Sei que chegara a altura, uma vez que já me apareceu a mesntruação de marcar consulta, e fazer uma citologia e ver como andam os meus ovários.
Na sala de espera senti-me nervosa. Em poucos minutos revivi uma série de situações que embora bem arrumadas, não se esquecem, nunca :(
Entrei, depois de falar no meu historial, passsámos à ecografia. Resultado: ovários cheios de quistos! mas eu estava à espera de algum milagre??? Perguntou-me se tomava a pilula. (Eu tinha jurado que não a iria tomar mais), disse-lhe que não.
Aconselhou-me vivamente a tomar a pilula o quanto antes, que era um bem que estava a fazer aos meus ovários, para eles não piorarem mais. Perguntou-me se queria engravidar. Ora bem, eu querer, quero, mas ainda não. Sinto que não estou preparada para uma nova gravidez e depois acho que a carmen é demasiado bebe ainda.
Disse-me que quando o pensasse fazer, se o quisesse tentar espontaneamente, deveria submeter-me a uma laparoscopia cirurgica, para eliminar os quistos. depois nos ciclos seguintes, teria boas chances de engravidar, se fosse preciso que daríamos uma ajuda com indução de ovulação, tudo muito bem controlado...
Não pensei que isto fosse mexer comigo, mas o que é facto é que esta situação fez acordar os fantasmas da infertilidade e pensar: Será caso que não terei direito de usufruir da minha filha e quando desejar engravidar, tentar como toda a mulher normal, sem ter já a sentença proferida?
Terei que tomar algumas decisões a médio prazo. Não sei se quero passar por isto, afinal tenho os meus congelados :(. Que confusão tenho no meu coração....
O marido diz que devemos começar a pensar, para ele era já, porque adivinha-se que não será assim tão fácil, mas eu enquanto a carmen não for um pouco mais autonoma, vou deixar este assunto na gaveta.
Para já, receitou-me a pilula e disse-me para começar a tomar metformina que iria ser bom para os ovários. Já fui pesquisar este ultimo medicamentose era compativel com a amamentação e parece não ter contra-indicações, mas eu ainda não sei.
Vamos lá a arrumar as ideias primeiro.

beijinhos e boa semana
Carla

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Peripécias nossas

hoje decidi vir dar umas novidades, afinal chega a noite e ultimamente não me apetece escrever, apenas leio, o que consigo, sei daqui e dali, sem me manifestar.
Agora ando numa de culinária! Iogurteira, máquina de pão e umas receitas novas que vou vendo pela blogosfera. E tanta boa gente com dotes culinários de qualidade. EU gosto muito de cozinhar, experimentar novos temperos, novas combinações de ingredientes. O entusiasmo este, vai e vem, mas por agora ando emplogada, ao ponto de ter comprado umas qtas ervas aromáticas para ter no meu terraço: salsa, coentros, hortelã (já tinha), cebolinho e 2 qualidades de manjericão. Esta fase, talvez tenha surgido por ter que planear as nossas refeições e da Carmen com antecedência e ter, algum cuidado para que possa aproveitar da nossa comida para ela. Antes era muito ao improviso e tudo fica bem com um bom condimento, mas agora não pode ser bem assim, ainda para mais qdo temos um marido esquisitinho que não come nada à pressão, fritos e afins. Eu tb não gosto diga-se de passagem. Tenho passado algum tempo entre tachos e panelas... à noite, a Carmen dorme por volta das 9:30 e aí tomo um meu belo duche, arrumo a cozinha (novamente), oriento as coisas pro almoço do dia seguinte, passou umas roupas a ferro, ou pura e simplesmente estendo-me no sofá, respirando fundo e disfrutando de algum descanso de Carmen.

Ah pois! A cada dia que passa, está mais aventureira. Levo-a para o trabalho e já não quer ver o parque pela frente. Tem um ginásio enorme cheio de brinquedos, mas pouco se entretém. Pouco depois ouço-a cada vez mais perto, gatinhando para a minha secretária. Aquilo que podia fazer em meia hora, demora quase uma manhã, pois não consigo.
Respiro fundo e então ela conduz-me até à rua onde quer ir ver os gatos que vagueiam por perto.
Muitas vezes quer ir empoleirar-se às grades da escola, onde vê a miudagem a fazer educação fisica na rua. Depois lá voltamos e aguenta-se mais um bocado. Dou-lhe um pedaço de papel, um lápis, qualquer coisa que a entretenha. Chega`as 11 horas da manhã e começa o "banzé". Começa a ficar chatinha, num lamento cada vez mais sonoro e então ando com ela ao colo. Atendo umas chamadas, habituei-me a fazer de tudo com ela colada a mim, como se fosse uma macaca.
Entretando põe-se a balançar e quer dançar. Aponta para o pc e quer que ponha algum clip de musica infantil, durante o qual fica vidrada a bater palmas e a abanar o rabo. Na hora do desespero, é a unica coisa que me vale. Espeto-lhe com um pouco de mama e já ando a arrumar tudo para sair. Chego a casa pouco depois do meio dia e toca a ligar o turbo para lhe por a comer, mudar a fralda e dormir, Ufaaaa. Entretanto chega o marido e almoçamos e depois???? Bora lá Arrumar a cozinha está claro! Nestas andanças não tarda e a Carmen acorda. Vem logo com a pica toda querendo brincar. Lancha e dps? Espero sair de casa para passear. Mas para isso tenho que deixar a janta orientada, o banho dela, roupa.... E se quero ir ao ginásio, bom isso é melhor não planear, melhor chegar ao momento e ver se dá ou não para o fazer.

Em casa, ela já quer correr tudo. Na cozinha onde passo mais tempo, dou-lhe uns taparueres, uns tachos ou qq coisa que capte a sua atenção, mas ela gosta mesmo é de ir ao cesto das cebolas e andar a descascá-las, ou ir pra debaixo da mesa e empoleirar-se às cadeiras. Tirar os panos todos da gaveta tb é fixe, mas agora está mais sofisticada. Vem ter comigo e quer subir-me pernas acima até se por de pé. E levo a vida nisto. Deixo-a em qualquer sitio, e lá vou a correr buscar alguma coisa. Hoje num instante passou da sala para a minha galeria e estava de pé agarrada ao armário de bambu onde guardo copos e afins, a abrir e fechar a porta.


Chegou a hora de me por de gatas e ver com os seus olhos. Proteger tomadas, bloquear armários, tirar algumas coisas...

e assim se vive por cá. esta menina veio preencher as nossas vidas e olhando para trás, quem diria que a minha vida iria dar tamanha volta?

A infertilidade mudou a perspectiva das coisas. Familia para 1.º plano, pelo menos por enquanto me dedicarei a ela a 100%. E venham cá dizer que não é um trabalho de tempo inteiro...

Segunda vou ao ginecologista ver como andam as coisas cá por dentro

beijocas
Carla

domingo, 8 de novembro de 2009

Tempo que voa...

Tenho andado ausente. Este novo hórário de Inverno, nao me agrada minimamente..., num instante chega a noite, ando sp à pressa para cuidar das rotinas da Carmen, nosso jantar etc, etc.
O tempo está mais apertado, pois para além de mamã a 200%, tenho que ir trabalhar todas as manhãs e a Carmen vai atrelada a mim- Escusado será dizer que há dias que nem sei como consigo gerir tudo. A sorte é que tudo se vai fazendo, uns dias com mais outros com menos stresse!

A minha filhota já vai parecendo uma menina, as suas feições já não parecem tanto com as dum bebe chorão!Cada dia revela-se mais teimosa. Frequentemente parace um pequeno "touro" e contorce-se toda para mudar a fralda é um filme. Não tem dentes AINDA! mas dêem-lhe comidinha da nossa que a moça sorve, não sei se tem tempo para "mastigar" tal é a rapidez.

Já corre a casa a gatinhar e gosta de revirar gavetas mas sobretudo jogar a bonecada e afins para o chão e ficar a espreitar a suas obras primas. Cada vez mais pegada ao pai, é a rainha.

Adora dançar, ouvir musica e a cada dia que passa está mais esperta e desenvolvida!

beijinhos nossos
Carla

domingo, 25 de outubro de 2009

13 meses

Oi oi!
A minha menina começou a gatinhar a semana passada! Foi tudo tão rápido que num piscar de olhos, aquele rabo espetadinho começou a mexer-se. As primeiras gatinhadelas mais trapalhonas. agora cada vez mais rápida e destemida. Já ninguém a segura. Acabou-se o descanso! Num instante está na borda da cama, ou a mexer no que não deve. Até nódoas negras tem nos joelhinhos!
Preparámo-nos para este momento e pusemos uma cacela no cantinho onde ela costuma estar. É vê-la gatinhar para lá, agarrar-se às grades e pôr-se de pé a abaná-las com toda a força.
Também continua a especializar-se nas caminhadas à volta da mesa ou de mãos dadas connosco. Cada vez mais confiante, passa da mesa para o sofá e por momentos, equilibra-se sozinha sem se aperceber disso.
Muito esperta, aprende com grande facilidade tudo o que lhe ensinamos. Imita tudo, identifica e reconhece os familiares e amigos, quando lhe mostramos as fotos ou dizemos para apontar onde estão.
Aponta todas as partes do nosso corpo e o dela: cabeça, mãos, orelhas, barriga, maminhas, "toti", etc., etc. Adora andar no cavalinho de pau ou na moto que a avó tem no campo. Manda beijinhos, dá-nos abraços e palmadinhas, bate no rabinho, dança e sei lá mais o quê... a juntar ao reportório de habilidades que já sabe. Compreende tudo, mas falar apenas diz mama, papa, imita o cão, o sapo, o gato e outras espanholadas que não entendemos...
A cada dia que passa, o seu temperamento define-se mais e mais. Sabemos o que lhe chateia, o que mais gosta. Continua a testar-nos e saber até onde pode ir.
Para comer, estamos agora numa fase menos boa, mas a ver... com tempo e paciência, como correm as coisas.


Voltaremos brevemente com mais novidades

beijocas e boa semana
Posted by Picasa

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Estou cansada

Então e o vosso fim de semana?

O nosso chegou e animou-me mais. Sábado de manhã fomos a uma sessao de musica para bebes. este mês foi destinado à flauta transversal. Notei muitas diferenças de comportamento da Carmen para os meses anteriores e ainda mais, se fizer uma retrospectiva às 2/3 semanas de vida, altura em que começámos a ir mensalmente a estes programas.
A Carmen começou muito sossegada, sentada ao meu colo, envergonhada, depois à medida que o tempo ia passando, ia abanando o rabinho e só queria estar de pé. Nota-se perfeitamente que, à semelhança dos mais velhinhos, chega aquele timming dos 20/25 min e já está a fazer outras macacadas e tentar interagir com os outros. Depois disso fomos almoçar ao campo, pois o meu marido foi arrumar 1 tonelafa e meia de lenha (sozinho) coitado, que todos os anos chega ao terreno dos meus sogros e os filhos vão lá tb se abastecer. Coitado começou e terminou, não quis esperar por ninguém, estava empolgado naquilo. Para ele nunca custa nada, mas à noite começou a queixar-se de dor de cabeça...Ah pois é... cabeça ao sol e tanto peso, o que estava à espera. A menina lá brincou a tarde.
Domingo fomos às compras. Requesitei um triciclo daqueles dos Imaginarium para experimentar se a Carmen gostava pois estava a pensar adquirir algo do género. Não achei nada de especial tendo em conta o preço muito elevado. Andámos nas compras, ela toda contente no seu veiculo mas às tantas já perdida de sono começou a variar e tivemos que sair do Jumbo às pressas. No carro enfiei-lhe a mama na boca e desligou. Tinhamos uma feijoada marcada na casa da minha tia, mas tive que esperar que a carmen acordasse e almoçasse. Obviamente que a feijoada marchou com a fraqueza, mas quase em horas de lanche. Chegámos e a Carmen começou a estranhar, não sei se é por ver poucas vezes aquelas caras, mas o que é certo é que cada vez que o pai se afastava, ficava num choro inconsolável. Só o queria a ele. Irracionalmente até fico "chateada" e enciumada, mas é bom eles gostarem tanto dos pais não é?! Ainda por cima quando recebem a dedicação que esta recebe pelo seu papá.
Regressámos a casa e voltamos ás rotinas: banho, jantar.... A boa da mãe tem olhado ao espelho e não gosta do que vê: magra e flácida :( não tenho vontade de fazer nada, mas depois sinto que não posso continuar assim, até porque a actividade fisica dá-me mais energia e disposição para o dia-a-dia. Então, nessa onda, enchi-me de coragem e enfiei-me de cabeça no meu ginásio. Muito cardio e abdominais para começar
A noite de Domingo foi complicada, pois a carmen não queria dormir nem por nada. Brincava, lia histórias, despediu-se de tudo umas 1000 x. qunado a deitava e apagava a luz, chorava desalmadamente. Levantava-a e pouco depois passava. Pouco depois e a mesma coisa. Eu já estava a ficar danada da vida, e senti-me perder a paciência :( levantei um pouco o tom de voz com ela :( e tentava adormecê-la, até que desisti e fui para a sala com ela junto com o meu marido. O pai foi tentar deixá-la dormir e a mesma coisa. Começei a perceber que aquilo não podia ser só birra, pois a menina quando se deitava a cabeçinha chorava. Aí cai em mim e percebi que algo não devia estar bem. Inspeccionei-lhe os ouvidos, não tinha febre, mas chorava então porquê? via-se que por fim estava cheianha de sono e que o choro era de dor :(. De vez em quando ela jogava as mãos à boca e portanto, só posso chegar à conclusão que seja algo relacionado com dentes. Dei-lhe um be-u-ron e a minha menina linda, finalmente mamou e caiu redonda em segundos. Senti-me tão culpada. Agora a escrever até me vem as lágrimas aos olhos, pensar que me passei da cabeça, que não fui racional e pensei que fosse mais uma birra :(
Mas bem já passou, todos nós cometemos erros. E eu não estou habituada a que ela se comporte assim, felizmente tem sido uma bebe bastante saudável.
A juntar a isto tudo, claro que não dormi bem (mais uma noite) e tive que ir trabalhar e levá-la comigo. Todos estes factores ajudam à festa.
Mas isso é tema para outro post.
beijinhos e boa semana
Carla

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Cola cola,

pega pega.... uffff, uma pequena pausa! A fera dorme. Ultimamente e especialmente hoje, a carmen tem andado super pegajosa! Ás noites anda num lamento, acorda a chorar e anda com as sestas trocadas, a não ser que esteja a mudar de habitos novamente.
Desde que se levantou que anda "berrando", são mais lágrimas de crocodilo sempre que lhe deixo em algum sitio. Só quer é andar no colo. Viva a criatividade, invento cada uma para ela se entreter por uns minutos, mas a menina só quer é fazer estragos. Por exemplo enquanto varria o terraço por causa do pássaro porcalhão que me suja tudo a boa da carmen apanhou-me o tlm e ligou a internet. Não sei qto tempo assim esteve, ao final do mês é que vem a conta, lol.
Serão birrinhas de dentes? Os dentes é que pagam (lol). Afinal todos dizem o mesmo desde 0s 6 meses e ela não tem uma unica "fava" sequer.
Hoje foi impossivel sair de casa e ir adiantar alguma coisa no trabalho, sei que só me iria stressar, pois está naqueles dias impossiveis. ó ainda há pouco consegui lavar a cara, ainda ando toda descabelada.
Bom, hoje sinto-me uma dona de casa desesperada (hahahaha), por onde olhe, vejo desarrumação, Eu vou arrumando, limpando. Já estou farta de panelas. è PANELA de pressão, panela de vapor, cacarola pra sopa dela... que agora por sinal tb não está a comer nada de jeito.
O meu marido está sempre a dizer que eu ando nestes trabalhos todos pra depois ir tudo fora, mas afinal eu tenho que lhe por à frente a comida, certo?
ai ai ai. Acho que quero uma bimby! Caras estas maquinetas, mas se calhar vão-me poupar algum tempo e muitos tachos pra lavar. Depois a roupa pra passar. Eu nem quero vê-la, pra não me doer o coração! Chega à noite e estou tão despachadinha que esqueçe lá isso.

E que venha o fim de semana ver se isto anima!

beijocas
Carla

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Rumo à independência

tantas coisas a acontecer rápido...
A minha Carmen cada dia que passa está mais desenrascada. As pequenas gatinhadelas estão a tornar-se maiores ;) frequentemente apanho-lhe de rabo espetado e joelhinhos no chão! Daqui a nada está a correr tudo. Mas o seu forte é mesmo estar de pé. Se lhe dermos as mãos é capaz de andar bastante! Percbe tudo, é uma velha. Imita todos os gestos e já bate o pé, demonstrando ser "tortinha".
Em relação às rotinas, voltaram novamente a estabilizar. Dorme (quase) sempre dps do almoço entre hora e meia a duas horas. Raramente faz 2 sestas, a não ser que se tenha levantado mais cedo, como foi o caso de hoje. Já quer comer do nosso prato, mas a tarefa é-lhe dificultada por não ter um unico dente.
Quanto a mim, sinto-me satisfeita, pois acho que estou a dar-lhe tudo o que manda a lei, citando o Dr. Sears, os 6 B´s caracteristicos do "attachment parentig": maminha, muito colo, co-spleep, ... e ao contrário do que muitos pensam, ela não é nada dependente, pelo contrário; +e uma bebe que se sente segura rumo à sua independencia;). Isto devo tb ao meu marido que sempre me apoiou e ajuda em tudo. Assim as coisas são mais fáceis. Como costumo dizer, só não lhe dá mama, porque não tem!

P.s. A saga do pão continua eheheheh! Ontem adaptei uma receita de pão de nozes que ficou excelente. Para além disso, deram-me umas goiabas super perfumadas e maduras. Fui experimentar fazer compota e só vos digo! Para primeira vez correu lindamente. isto vai ser a minha desgraça. Vou ter que distribuir doce plas capelinhas senão daqui a nada ando a queixar-me da silhueta.
Ainda para mais tem-me faltado coragem para começar a sério nos treinos. ai ai ai

beijinhos nossos
Carla

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Novo brinquedo

da mãe! Uma máquina de fazer pão... Mas que rica ideia. A vontade surgiu qdo vi no folheto do Lidl, a maquineta, que entretanto passou e não cheguei a comprá-la.
No outro dia, o marido chega com uma, que comprara em promoção. Entusiasmada, fui logo comprar algumas farinhas e pus-me na net à procura de receitas. Encontrei um blog fantástico sobre receitas para fazer na máquina de pão e só vos digo, que a máquineta não tem parado. Já fiz broa, pão de nozes, pão com pepitas de chocolate, para além das farinhas pré-preparadas que é só juntar água.
Parece que vou recuperar alguns kg!
Cá por casa, estamos bem. Tivemos um bom fim de semana. Sábado levámos pela 1ª vez a Carmen a passear de bibicleta. Montámos a sua cadeirinha e fizémos a experiência, indo até a uma zona de pinhal. Ela gostou. Andámos pelos pinheiros, apanhámos umas bolotas, mostrámos-lhe umas vaquinhas que andavam a pastar, tocou nas árvores, deu uns passinhos e na volta, deixou-se dormir. O meu marido, coitado teve que ir tentando ampará-la na bicicleta enquanto pedalava para ela não ficasse toda torta e pendesse para a frente.
Domingo, saimos logo cedinho de casa e fomos tb experimentar levá-la numa daquelas bicicletinhas que nós vamos empurrando. A minha piolha simplesmente não estranha nada! Andou, brincou no parque e de regresso passámos no campo. A ideia era ficar só um pouco na relva, pois agora é o melhor local para ela treinar as suas habilidades sem se magoar e n´so tb ficamos mais descansados, mas acabámos por almoçar com os avós. A Carmen dormiu a sua sesta e brincou que se fartou a tarde toda. A pilha nunca acaba...
Quer sp atenção, quer por-se de pé e agora as costinhas (minhas) já chiam.
Hoje de manhã, fui passear com ela à beira mar. Aponta para tudo e quer que lhe expliquemos tudo. Agora acha que eu sou um cavalo, e só quer andar nos meus costados.
Estava tão cansada que me deitei com ela na sua sesta e nem almoçei, mm cheia de fome.
Hoje foi daqueles dias de chegar tarde do trabalho e qdo isso acontece, ela quer ignorar-me! Qdo chego perto dela, não me quer e levanta a mão! Fica zangada comigo, só dps de algum tempo é que vem ao meu colo e me abraça com força e dps choraminga por mim, quer que seja eu a deitá-la. Tadinha!

boa semana

Carla

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Temos "fera" !

Estou a ficar destemida! Agora sim, começo a usar as minhas pernocas larocas.
Gosto de me por em pé nas grades do berço e jogar a bonecada toda para o chão e dps pedir para que mos dêem.
Isto é fixe! Sobe, desce, sobe desce. Dantes tinha muito cuidado onde punha o rabo, mas agora quero lá saber. Estou especialista e faço-o com grande rapidez.
Não gosto muito que me chateiem. Quando se metem comigo e são chatinhos, levanto a mão e faço grunhidos ferozes. Eles parecem ter medo! Arggggggg. Então qdo abro a boca e não se vê dente algum, ficam aterrorizados. Mentira, já os tenho e notam-se perfeitamente debaixo da gengiva, vou ter umas "favas" bem grandes.
Onde passo, deixo um rasto de desarrumação. As pulseiras agradam-me e gosto muito de as enfiar nos meus braçoa. UM relógio tb serve.
Por falar em gostar, perco-me de amores pelos meus bebes. Pentei-os, dou-lhes comer à boca, dou-lhes palmadinhas e embalo-os e quero que os papas façam o mesmo.
Quem manda aqui em casa, sou eu! Bato o pé e faço birras, sobretudo com o meu pai. A mãe agora abana o dedo e diz "não não" e eu quero imitá-la. Ela deve achar graça mas não mostra os dentes.
A minha mãe acha que eu sou uma macaquinha,pois quero é trepar-lhe pelas pernas e por-me de pé. Parace que os meus pés já não estão colados ao chão e consigo dar uns passinhos, com a ajuda da mãe e do pai. E quando não há os papás, pode ser o cortinado ou a mesa da sala que é mesmo à minha medida. Pena que a xerife ande sp de olho a castar-me! às vezes é uma chata e eu grito verozmente e deito lágrimas de crocodilo.
O parque infantil é mesmo um sitio maravilhoso. Deliro sp que lá chego e vejo a criançada. Eu quero meter-me com todos mas muitos não me ligam ainda... a mãe diz que eles são maiores, mas pronto há sp uma menina que se mete comigo e eu torço-me toda. Ai os escorregas, bem! Qto mais alto melhor, mãe põ-me lá no escorrega que eu já dou balanço para descer, e podia levar nisso o dia. Tb não me desagradam os baloiços, experimenta é tirar-me de lá!

Agora vou almoçar, depois volto com as minhas novas aventuras

beijocas da mãe

domingo, 4 de outubro de 2009

Fotos

Olá! Aqui estão um par de fotos da minha festinha de anos. A mamã queria fazer uma coisa bonita, tipo uma apresentação de slides com mais fotos, mas coitada não percebe nada disto!

Aqui estou eu no meu cantinho das brincadeiras preferido, acabadinha de acordar e à espera que cheguem os meus convidados!











Olhem só a baba da mamã. AH pois, estou a ficar crescida!




















O bolo do meu 1.º aniversário. Adoro bebés, dá para perceber não dá?!















Também quero soprar a vela: "aafffffffffff"

Posted by Picasa

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Faltam as fotos

andei sem net estes ultimos dias, por isso tardaram as novidades que vêm já fora de tempo.
De qq forma acho que merecem ser registadas ;)
Então muito resumidamente, a festinha de aniversário saiu. Correu tudo bem, embora não tenha sido como planeado. No Sábado de manhã o tempo estava muito escuro e começou a chover e não parava. Ficámos com receio e, tendo em conta as previsões metereológicas para aquele dia, à ultima da hora avisámos toda a gente que afinal não seria no campo, mas em nossa casa. Arregaçámos mangas para dispormos as coisas e andei num frenesim até às 4 da tarde, hora da festinha. A campainha começou a tocar e de rpente começei a ver um mar de gente. 40 pessoas, adultos e um monte de criançada andava por ali. A Carmen estava eufórica e portou-se muito bem. Andei sempre cá e lá, falando com um e outro, mas sem puder dispensar grandes atenções pois qdo as festas são assim tão grandes, não dá para estar em todo o lado.
A minha sogra ficou "aborrecida" e insistiu para fazermos no campo, pois o tempo ia abrir. E Tb já tinhamos uma série de coisas lá. O que é certo é que para o Algarve não há previsão que acerte e já perto da hora do almoço estava um caloraço abafado. Obviamente que não ia novamente mudar de ideias, afinal não seria a primeira grande festa que faziamos cá em casa.
Todos comeram, beberam, puseram a conversa em dia. A criançada brincou e cantou euforicamente os parabens à Carmen. Foi um dia muito feliz para nós.
Amanhã venho postar as fotos, pois não as tenho neste pc.
beijinhos a todas
Carla

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Caminhamos para a festa!

Desculpem a falta de noticias. Quer queira quer não, as minhas visitas à net têm sido de médico, o que apenas me permite dar um vista de olhos e sair pouco depois. Acredito que seja uma fase.

Pois bem, a Carmen já tem 1 aninho!!! Na segunda-feira fizémos, como planeado um jantar apenas para os nossos pais, onde apareceu também a priminha B. que adora soprar velas.
A Carmen portou-se lindamente, bateu palminhas e ensaiou um sopro tb ao bolo. Tão querida a minha menina. É claro que foi sempre a abrir para mim, pois estava sozinha - preparar comida um pouco diferente, tratar da carmen na hora critica -banho- comida e afins, mas o que interessa é que tudo se consegue com muito amor e alguma calma.

Na 3ª feira fomos à pediatra. A Carmen está bem e recomenda-se. Definitivamente perna curta, conta apenas com 70 cm, mantém-se no percentil 10 de comprimento. Não saltam dentes à vista e está bastante desenvolvida em todas as áreas, à exepçao da motricidade global, mas, segundo a médica dentro da média, aqui tb contam os factores hereditários e o pai só começou a andar com 15 meses.

Esta semana temos ido todas as manhãs "trabalhar". Não sei como, mas temos conseguido. É claro que não posso embrenhar-me no trabalho e dedicar-me como se ela não estivesse comigo, mas as coisas têm sido feitas. Entre atenções aqui e ali, consegue ficar entretida no seu parque, basta dar-lhe algum brinquedo diferente ou qq coisa nova. Adora meter-se com toda a gente, sobretudo com as velhotas, é muito simpática, mas por vezes franze a testa e farta-se de tentar chamar a atenção, quando há alguém que a ignora e não se mete com ela. É a lei da vida, mas custa-me ver, tadinha, estar fazendo habilidades, sorrisos ou esticando o braço para dar alguma coisa a determinado/a fulano/a e não ligarem patavina. Nessas situações eu vou lá ter com ela dar-lhe um abraçinho, sinto que fica mesmo sem perceber o que se passa. Está mal habituada, mas entretanto esqueçe-se rápido, sobretudo porque vem outra pessoa e já se mete com ela e leva nisto até se fartar.

Depois vamos para casa e começa o speed. Dar-lhe almoço. Deitar-lhe... agora tem dormido umas boas folgas, sobretudo porque muitas vezes já não dorme nada de manhã. E voltamos sp ao mesmo, às suas rotinas. Tento sair de casa, dar uns passeios e conto sempre com as mamas para algum caso de emergência ;) eheheheh

O que posso dizer é que os dias passam a correr, e eu vou-me aguentando. Já estou habituada a este dia-a-dia, sinto-me feliz, apenas sinto por vezes falta, de um tempo para mim, para ir por exemplo às compras e puder experimentar alguma roupinha. Sp que faço uma tentativa. é para esqueçer. Acabo por trazer sp qq coisa para ela, e para mim... olho para os expositores, vejo tanta roupa e sempre sem tempo, com ela a tiracolo, haja paciência. E bem que estou a precisar, pois estou magrerrima. Peso menos do que pesava qdo engravidei: 49 kg!

E a grande festa de aniversário é já no Sábado. Já tenho as lembrancinhas e hoje fui às compras.
Como o tempo está a ajudar, sempre iremos fazer o aniversário no campo. Depois conto como correu e ver se posto umas fotos do "Grande acontecimento" ehehehe.

beijinhos a todos

Carla

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Quase 12 meses

O tempo tem passado a correr e cada etapa que passa, a trabalheira aumenta, as pausas são frequentemente interrompidas e os posts que quero escrever não saem, pois não tenho tido oportunidade. Parece que hoje finalmente vou postar qq coisinha ;)

A Carmen faz 1 aninho dia 21 de Setembro. Quando lhe perguntamos qtos anos faz, espeta logo o dedinho e começa a balançar o rabo e a bater palminhas à espera que eu ou o pai começemos a cantar os "Parabens". Como 21 calha a uma 2ª feira, decidimos apenas fazer um jantar cedo com os avós e depois no sábado fazer uma festa, tipo lanchinho ajantarado.
Nestas ocasiões percebemos como a familia é grande e quantos miudos existem e continuamos num impasse relativo ao local onde vamos festejar os aninhos. Gostariamos de fazer no campo, no jardim da minha sogra, pois é um espaço bastante agradável, com piscina e muito espaço para as crianças brincarem e os adultos andarem à vontade. Mas.... e como estará o tempo???? Será que chove, não chove, estará frio dia 26 Setembro???? Em ultimo caso, fazemos em nossa casa que é espaçosa e tem um terraço bem grande, porém condiciona um pouco as coisas, porque aí não sei o que faça. mas não consigo meter 50 pessoas em casa, sem que a criançada me vire tudo às avessas.
Temos pensado no bolo de aniversário, e decidimos fazer-lhe um cão felpudo, pois ela adora ou cães ou bébes... Mandámos também fazer uns brindes para oferecer, decidimo-nos por uns imans com a foto dela que se colocam no frigo! Pior foi escolher a foto, pois queria uma foto dela nesta fase e não tinha nenhuma de jeito. Entao, andámos atrás dela a tentar apanhar-lhe a fronha, nem vos digo qtas fotos tirei e nada! Ou virava-se, ou olhava pra baixo, ou fazia caretas, enfim... No final, de uma resma de fotos, aproveitei umas 5 e seleccionei 2 delas para os imans, depois eu mostro-vos.

De resto, cá estamos. Eu entre manhãs de trabalho, levo-a comigo. O pai que ainda estav de férias ajudava e ficava com ela, agora nem sei como vou gerir isto, mas havemos de conseguir. Não se justificava estar a colocá-la na creche, se, quando eu preciso mm de trabalhar, que é ao final do dia, o pai está já em casa e pode ficar com ela.
Depois é ver-me entre tachos e panelas, com comidas para aqui e acolá, para depois a Carmen começar logo a abanar a cabeça a dizer que não quer e comer um par de colheres de sopa e/ou pedaços de peixe e legumes que lhe vou dando a custo de muita distracção.
O que ela não dispensa é mm a fruta, se forem uvas então, o paraíso. Em ultimo recurso há sp uma côdea de pão que lhe daMOS para a mão e é remédio santo para nos deixar comer um pouco sossegados.

Qto às brincadeiras, montei-lhe um cantinho onde pus muitos dos seus brinquedos. Forrei o chão com puzzles emborrachados e tenho-a habituado a identificar-se com aquele espaço. É claro que isto é fácil dizer, pois ela ainda não anda. Faz uma espécie de gatinhar, com o rabo. Gosta ´mm é de se colocar de pé. Não sei se vai gatinhar muito. Ainda não tem um unico dente sequer!!!!!
Adora brincar com livros, com os seus bebes, que lhes dá colo, penteia, põe a chucha, enfim...são tantas as boas novas.

Só nos aconteceu uma coisa triste :(. Tinham oferecido um canário à minha Carmen, pois ela gosta muito de passarinhos. O Dédé, como ela lhe chamava, morreu afogado no bebedouro. Que agonia ver o bichinho assim. Estranhei hoje de manhã, ele canta tanto e não o ouvi. Ainda bem que fui apenas eu que o vi assim, pois geralmente de manhã andamos a dar os bons dias e vamos ver o Dédé....

Por aqui, o tempo voa e eu não dou por ele passar. Sinto-me muito feliz e cada dia que passa amo mais a minha filhota linda.

Muitos beijinhos
Carla

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

cucu

A imagem não é das melhores, pois foi tirada com o tlm, mas como vêem a Carmen está a ficar uma mulher crescida.


Para a semana voltamos com novidades.

bom fim de semana

Carla

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Malhada

Lembram-se da febre que vos falei?
Pois é, a Carmen andou 2 dias seguidos com febre. imaginei que seriam dentes.
Andou molinha, só querendo colo e atenção. Muito mais dorminhoca e a fazer umas cagadas tipo diarreia.
A febre passou e ontem começaram a aparecer manchinhas vermelhas no rosto. Não associei de imediato uma coisa com a outra e fartei-me de zangar com o pai, por causa da barba! Que a miuda tinha a cara toda irritada por causa dele andar a esfregar-se na piolha.
Hoje as manchas eram mais e começavam a alastrar-se às costinhas. Liguei à pediatra.
Parece que se trata de uma infecção viral, que não requer cuidados nem terapêutica, apenas vigiar se a febre reaparece. Vamos esperar que brevemente a Carmen ficque boa.

bom fim de semana

Carla

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

11 meses

Olá!
Confesso que ando com pouca vontade para a escrita... mas também não queria deixar passar tanto tempo sem novidades nossas.
A princesa fez 11 meses dia 21.

A nossa vida está muito mais colorida desde que tu chegaste minha Carmencita linda!
Quase 1 ano se passou e hoje já não imagino a minha vida sem ti. Chegaste e reinaste. A mamã põs de lado tudo, para ficar contigo e aproveitar cada segundo da tua existência e não se arrepende nada, pelo contrário, sinto-me GRATA por puder estar contigo, ver-te crescer.
O papá adora-te também e não passa um dia sem ti...

Pois é, e as novidades perguntarão vocês... Bem, a Carmen tem sido uma doce bebe, cada vez mais simpática que cativa tudo e todos com o seus lindos olhos azuis (e não só).
Aguenta-se firme e bem disposta nas aventuras que o papá planeia e não se queixa. Dorme muito bem às noites e já~(quase) não acorda. Continuamos a dormir no chão da sala, somos felizes assim!
Gosta muito de estar de pé, e assim fica se a deixarmos. Ainda não gatinha, mas nota-se que ela anda a treinar para se colocar na posição correcta, mas há ainda uma perninha que atrapalha.
Não tem dentes! Hoje andou toda a tarde tipo melga, muito chatinha e com febriola. Não quis jantar, só mama e agora dorme. Serão os dentes? lol. é a minha velhinha desdentada :)

O reportório de habilidades continua a aumentar: já ACENA coma cabeça um NÃO intencional, sobretudo quando não quer mais sopa. Esconde a carinha com as mãos e depois destapa-a, brincando às escondidas. ADora brincar ao esconde esconde! basta o pai chamar o meu nome ou vice-versa e ela fica completamente eufórica. Vamo-nos esconder para algum sitio e já aguenta ficar calada e sossegada à espera que a descubram.Faz o gesto dos dinheirinhos (lol) e põe a dedo na boca para fazer shhhhh. Basta dizermos "escuta" e ela faz logo o gesto. Também sopra, os cabelos dum boneco que temos pendurado, ou os moinhos do vento. Basta olhar para um e voilá.
Imita os peixinhos (já há bastante tempo) e adora cães. Tem um cem numero de cães para todos os gostos e feitios. Agora também anda passada com bonecas, com bebes. Mal as vê, chama logo bebe.
Gosta muito de livros e tem uma persistencia enorme a tentar abrir e esfolhear os de cartão mais duro. Anda lá de volta e não quer ajuda. Descobre os pormenores todos dos brinquedos, e quando damos por ela já está a mexer e a desmontar a peça das pilhas. Quem chama o elevador é ela! Nada de confusões! Tem uma perdição por telemóveis e já brinca ao faz-de-conta : joga o telefone ao ouvido e diz "tá". Ontem aprendeu a dizer vovo, mas o que ela gosta mesmo de dizer, a toda a hora é mama (que ser para chamar a mãe e o pai)
E o melhor ainda, é vê-la a dancar!!!! hihiih. Dá umas porradas no piano para ligar a musica dos animais e toca de se mexer toda. Adora dançar... e é tanta coisa nova, que é dificil enumerar tudo.

Como vêem, por aqui nada-se em baba.

beijinhos grandes
Carla

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

à partes

Que calorrrrrr! Até enjoa, não posso com este calor extremo ;( Dou-me mal, fico irritada, sem vontade de nada... Aliás esta semana tenho-me sentido com muita falta de energia, só me apetece estar deitada, mas há um rebento para cuidar, portanto vou-me arrastando.
Estes ultimos dias não têm sido fáceis, pois eu e o marido entrámos em colapso, ao ponto de não o puder ver pela frente.
Como está de férias, dias bem passados é sair de casa às pressas, mal a miuda acorda e ir para a praia. Não se importa de ir carregado que nem uma mula, montar o estendal e depois ficarrrrrr. Como fosse mais um Verão, como tantos outros, mas agora não somos só 2, existe a Carmen.
E se há dias em que estou disposta a fazê.lo, e até se passa bem o dia, junto ao mar, a apanhar a brisa fresca, outros, como os desta semana, para mim são um suplicio, pois não se pode estar. è uma preocupaÇao constante, com a menina: " e não vais para o sol, e põe chapéu, e põe protector, e ela não dorme"..... afffffffffff. Até que ele se chateia e que me diz que já não toma a iniciativa para mais nada, mas depois, não se fica por aí... Atormenta-me a cabeça, sempre com a mesma coisa.... em dias assim, só estou desejando que o Verão passe rápido. Eu já sabia que isto ia acontecer, a partir do momento em que não tivesse a casa de férias disponivel.
Mas pronto, já desabafei... melhores dias virão, é preciso ter paciência e alguma abertura, senão daqui a pouco nem sei. Talvez precisassemos de um tempo para nós, mas agora temos o nosso milagre, que nunca ficou com ninguém. Também não temos com quem deixar, e mesmo que tivessemos, eu falo falo mas acho que não a deixaria...

E por esta altura estou no meu terraço a ouvir a Daniela Mercury, pois com a Carmen a se deixar dormir às 9:30h, aCAbaram-se as caminhadas depois do jantar que tanto bem me faziam. Falta só a caipirinha.
Agora vou-me deitar na cama de rede e dormito um pouco, lolllll. Só se está bem na rua. Mas depois regresso à base ter com a "princesa do reino da mãe".

bom fim de semana
Carla

domingo, 9 de agosto de 2009

...

olá! depois daquela semana a orientar lides domésticas, eu e o papá decidimos aventurar-nos com a Carmencita pela vadiagem... Experimentamos ir à praia e correu tudo bem. Os dias não têm estado demasiado quentes, por isso a Carmen tem-se deliciado com belas sonecas debaixo do guarda-sol ao som das ondas do mar...
Para desenjoar, às vezes vamos ao campo à psicina dos avós. De resto, não temos grandes novidades, a não ser as pequenas coisinhas que a danada vai fazendo. Está linda! Continua a borrifar-se para gatinhar e nada de dentes. No entanto brinca cada vez mais, sendo as brincadeiras favoritas, apanhar tudo o que está ao seu alcance, jogar para o chão e pôr-se a olhar à espera que apanhemos, lol. Ah, mudar fraldas tem sido lindo, pois não pára quieta.
Pega no telefone e imita tão bem; joga a mãozinha ao ouvido, ou qq coisa que lhe dê na telha e faz "ahhhh", como se dissesse está! eheheeh. Diz bebe, adora as crianças e agora está muito dada! É uma atrevida, gosta muito de fazer olhinhos e gosta de chamar à atenção, sobretudo quando passa nalgum sitio e não lhe ligam muito, nessas ocasiões é capaz de fartar-se de palrar e fazer as habilidades todas para cativar tudo e todos ;)
E assim se vive no Algarve.
beijinhos e até breve
Carla

sábado, 1 de agosto de 2009

De regresso

Uma semana mais se passou... 3ª feira, sob um calor abrasador, e com corte de abastecimento de àgua à ilha, tivemos que nos desenrascar nas limpezas da casa da praia para a deixarmos em ordem e pronta para o aluguer de Agosto.
A Carmen colaborou no possivel, brincando com os seus botões e com os brinquedos que a rodeavam e sempre com as suas mil expressões e sorriso nos lábios.
Apressámo-nos para apanhar o barco de regresso. A Princesa ia dizendo xau a tudo e a todos, já muito habituada áquele vaivem, ao barco. Senti uma nostalgia, pois não voltaremos para lá, a não ser uns dias talvez em Setembro. E como ela gosta de lá estar... Tadinha da minha menina.,,
E o que se faz com um bebe em pleno Agosto? Onde ir com o calor???
Chegada a casa, deparo-me com mais limpezas. Uma casa não habitada desde Junho, estava-se à espera de quê? Toca a limpar, a livrar-nos do pó miudinho que se entranha nas coisas ainda para mais com uma obra perto de casa... grrrr. Ainda me falta a roupa.
Estes dias têem sido lindos... UM calorrrrrr abrasador, super abafado, não dá para por o pé na rua.
A Carmen começou a acordar bem mais cedo, tipo 7 da manhã. É mm boa altura para nos despacharmos e irmos passear. Mas às 9h e tal já está perdida de sono, e desabituou-se de dormir no carrinho, então lá venho a fugir pra casa e ando no rame rame: deixo-a dormir, trato do almoço, arrumo ali e acolá. Entretanto, a moça acorda e começa novamente a dormir às meias horas. Muito cansativo. Chego ao final do dia farta de estar em casa. POnho a piscina no terraço, ela chapinha na água e volta tdo igual... Hoje fomos almoçar nos meus sogros e lá ficou na piscina com as primas. Passámos lá a tarde e chegou cansadinha a casa e ficou a dormir.
Andamos a planear ir à praia, mas não sei como farei. Só com filhos é que nós valorizamos... Horários, sestas, refeições, transito para ficar lá um par de horas, levar a tralha toda, até perco a coragem... Mas terá que ser. Teremos que nos reajustar à nova realidade.

beijinhos
Carla

quinta-feira, 23 de julho de 2009

10 meses


Olá...

Temos andado mais ausentes, pois praia não se coaduna com tecnologias xpto ;) vamos aproveitando ao máximo. Terça-feira voltamos para a nossa casa. Esta temporada fez muito bem às duas. A minha menina teve a oportunidade de crescer perto do mar, areia e toda a natureza unica que envolve esta linda ilha.

Ainda há pouco tive a ver fotos no pc e notei uma grande diferença dela, desde que cá chegou.


Pois é! 10 meses.... já???? 10 meses de puro amor, entrega, partilha e aprendizagem. 10 meses de maminha e muito "attachment parenting"!

A infertilidade mudou mesmo a minha perspectiva em relação à maternidade e hoje creio que sou uma melhor mãe do que se o tivesse sido há um par de anos atrás.


A Carmen foi à pediatra. Meramente consulta de rotina, pois não tinha grandes duvidas ou questões a colocar. Está bem e recomenda-se. Continua rodinhas baixas. Esta entre o percentil 5 e 10 vejam só! hehehehe. Bem ela terá tempo para crescer...


E de resto, cada vez mais esperta. Compreende tudo, imita-nos e já vai se aventurando mais. Para além do rebolanço, qunado está deitada consegue sentar-se e já vai ensaiando umas arrastadelas para a frente (até aqui era mais de marcha atrás), Mantem-se de pé quando a colocamos, e assim fica, mas como na praia anda mais no chão, areia e relva tb não tem muito ond se agarrar para se levantar...


E é assim...


beijocas, boas férias se for caso disso e bom fim de semana

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Estadia

prestes a terminar!
Como o que é bom acaba depressa, vamos aproveitar os ultimos 15 dias de Julho na praia. Depois a viagem para a casinha é definitiva, pois a casota de férias estará ocupada durante Agosto.
Por cá os dias repetem-se... Praia, sonecas, passeios... visitas que vão e vêem...não tenho muitas novidades.
A Carmen tem.se portado muito bem. Tem deixado os papas descansar um pouco, enquanto ela se entretém com os seus brinquedos. Pudera, tem sido criada na rua. Vamos ver como a aguento para Agosto. Realmente é uma grande sorte ter podido disfrutar desta temporada aqui.
Parece um biscoito, só apetece dar dentada! eheheh
Sexta feira vamos à pediatra. Por agora, parece-me mais desenvolvida a nivel cognitivo, digamos assim. Ela compreende tudo, estabelece muitas associações, imita-nos em tudo. Aumentou o seu reportório de macacadas, para além de vários mixes que já deu ao xau e palminhas. Já esboça qualquer coisa que se assemelha aos beijos e imita o cão, diz mama, papá, aaaa (agua)
Em termos motores, cada um com o seu timming! O dela está no rebolar. Neste momento, pondo-a numa superficie dura, é capaz de andar no rebolanço cá e lá, dando 2 voltas seguidas para um lado e depois para o outro. ÀS vezes estou eu a dormir e dou com ela quase em cima de mim e olhar-me de barriga para baixo. Estica-se para apanhar algo que lhe interesse, e é capaz de se arrastar um bocado, sobretudo para trás.
Depois regresso com as novidades da pediatra

beijocas
Carla

terça-feira, 7 de julho de 2009

Co-Sleeping

Boas... A carmencita tem feito vida nómada e não parece estranhar muito! Tanto vem para a sua casa, como de repente está novamente na casa de férias da avó, o que muito me tem surpreendido pela positiva!
Domingo regressámos à cidade, pois a minha mamã fez anos. Como o pai tem formação intensiva durante esta semana, decidimos ficar por mais uns dias em casa, pois as viagens de barco para o marido cansam... e para mim, tanto tempo sozinha com a piolha tb não me agrada tanto.
A Carmen está muito engraçada. Entretém.se com as suas macacadas, vocalizações e tudo mais. Há já algum tempo que anda com a mãozinha pesada, dá cada porrada, estica o braço bem atrás. Passaram as festinhas a, chapadas e beliscadelas.
Está bastante mais sociável, o que me parece fruto de uma maior convivência.
às noites, adormeçe mais tarde, tipo 10:30, o que é bom e mau! Bom, pois como é Verão, sempre nos dá para sair um pouco depois do jantar e dar uma voltinha. Sempre que saimos, ela anda dentro do pano. Está tão acostumada a este ritual, que mal lhe ponho lá dentro, quer abocanhar a mama e acaba por se deixar dormir, e nem os barulhos e luzes a demovem.
Mau, porque estando em casa, sobra-me pouco tempo descansada, sem carmen à vista. Porém, ultimamente não me posso queixar muito dos sonos da carmen.
Não sei se é coincidencia ou não, mas desde que estamos na praia que ela passa quase toda a noite na cama connosco. Isto porque acorda para mamar, e eu ao colocá-la a mamar, deixo-me dormir e a boa da carmen vai ficando...toda consolada.Por vezes estica-se tipo à avião e acaba por expulsar o pai da cama. Já as pernocas ficam em cima das minhas e por mais que eu fuja, a rapariga vem rebolando até ficar junto a mim novamente! lol
Cá em casa, esqueçe lá o berço. O quarto está quente e o ar condicionado portátil é ruidoso,
Então o que fiz foi mudar-me para a sala, tipo acampamento.
Estendi 3 tripartidos no chão e lá ficamos a dormir. A menina dorme que nem um regalo, a mãe dorme que nem um anjo e o pai tb, pois como há bastante espaço, não tenho que me preocupar se o pobre pai atropela a moça ou não. Então se a divisão estiver bem escurinha, é capaz de dormir ate as 10 da manhã! Não quero cantar de galo, pois com esta piolha nunca se sabe, mas longe estão as noites em que acordava em plena 5 da matina pra não querer dormir mais...
E se eu tinha receio em relação à cama partilhada, agora já nem penso no assunto.
Mudá-la para o seu quarto??? não sei quando. Para já, não nos incomodamos com isso, e depois o mair argumento que é discutido é a privacidade do casal... Então e não há mais sitios na casa??? lol...

E que se reflita sobre o co-sleeping...

beijocas
Carla

terça-feira, 30 de junho de 2009

Beijinhos nossos


Olá! Estou nas 7 quintas ;) a mamã leva-me a andar de barquinho e à praia. Volta e meia vamos à nossa casa, mas depois voltamos para a praia.

Ela diz que está bem e feliz. Adora ver-me crescer e é verdade, manda beijinhos

Até à proxima!

domingo, 21 de junho de 2009

9 meses

A Carmen fez 9 mesinhos!
Está bonita a minha boneca. Parece que está mais cheinha novamente. Pudera, também está sempre disposta a comer (e a mamar é claro). Tenho pena não conseguir postar nenhuma foto dela, pois estou na praia e não tenho o cabo da máquina fotográfica.
Nada de dentes ainda! De vez em quando aparece com umas raivinhas de dentes, e nota-se a gengiva bem grossa e esbranquiçada mas dentes nada. Isso não lhe atrapanha nada, consegue mordiscar as frutas que lhe dou, o pão e até a bolacha maria. Mas com as bolachas tenho que estar de ilho, pois ela tem tanta força que arranca grandes bocados e como não se desfazem logo, é um perigo...
Na praia, anda mais à vontade. Sempre despeta e observadora. Gosta muito de nos imitar, mas só qaundo ela quer e bem lhe apetece. Dá estalinhos com a boca e agora experimenta uma série de entoações e novas consoantes. è a menina das mil bocas! ehehehe Cada foto, cada boca, é muito expressiva.
Continua com medo que eu desapareça, sempre que estou sozinha com ela e preciso orientar as coisas, não tem sido pera doce pois ela chora a valer.
Na praia, tem convivido com mais pessoas, todos os dias vê os bisavós, e nos fins de semana tem estado com as primas, com os tios e muita gente. Isso tem-lhe feito bem, pois para além de conviver com outras pessoas, já consegue abstrair-se um pouco mais do pai e da mãe e já consegue ir de agrado ao colo de alguns.
Hoje particularmente, andou todo o dia com as primas, que a querem pegar ao colo, brincar com ela, penteá-la, enfim... é a barbie.ÁS tantas já não acha muita piada e começa a olhar desesperada para ver se eu ou o pai a tiramos dali. Ao jantar, teve direito a show de musica e dança enquanto a mãe lhe espetava com as colheres de sopa!
Em termos motores, temos aqui uma menina que adora estar sentadinha a mexer em tudo. Estica-se toda á frente para apanhar qq coisa, por vezes cai e reclama. Outras já se consegue desenvencilhar sozinha. Estar de barriga para baixo não é muito do seu agrado, mas quando a coloco levanta-se toda. Anda à roda e de marcha atrás, talvez por ainda ter mais força nos braços no que nas pernas. Também agora já rebola com facilidade sobretudo à noite na nossa cama, desde que sinta o cheiro das mamas, ou quando tem algum brinquedo que lhe fascine. Os cuidados começam a sentir-se, já não a posso deixar a dormir no meio da nossa cama sem nada a suster-lhe. No outro dia fui apanhar.lhe quase à beira da cama. A noite que passou estava no meu lado e sem me aperceber, deu uma volta baldroca e caiu de barriga para baixo para o sofázinho que tenho junto à cama, que aqui na ilha serve-lhe de cama (detesta fica rno berço de viagem).
E vamos tendo algumas rotinas tb na praia. As horas de calor, sono etc, e tal assim o exigem.

Cá eu, daqui a pouco desapareco. Estou magrissima pois aqui não páro um segundo. E a comer apenas grelhados e salada... Isto está a mexer um pouco com a minha auto estima, pois ~começo a não gostar muito do que vejo ao espelho... Estou com um problema na pele :( tenho algumas zonas nas pernas, coxas e afins com pele tipo de galinha, que com o sol agora estão a secar... Preciso ir à dermatologista... tenho que ir ver a minha tiroide...
Nós vamos ficando para segundo plano. Bem, quando a Carmen crescer mais um pouco, vou ter que cuidar de mim mais a sério.

boa semana
Carla

quarta-feira, 17 de junho de 2009

"Mamâ"

Olá, olá!

A Carmen tornou-se uma princesa da praia! eh eh eh
está linda! Cheia de novas gracinhas e novos sons! Todos os dias acorda bem disposta, logo a fazer xau ás arvores e passarinhos! Por enquanto estamos as 2 sozinhas durante o dia, visto que o papa só regressa ao final do dia dps do trabalho.
Tem ido á praia. Começa logo com irinhas para mexer na areia e farta-se de dar ao pé, qdo lhe ponho na água. Ontem pus a sombra mm dentro da água e lá fiquei, tirei-lhe a fralda, estava delirante! Mas com o biquini, as mamocas estão sp por perto, e ela mete-se logo a pedir, tem sido um fartote. Havim de ver ontem, de rabo ao leu a mamar, deixou-se dormir com o pé dela junto á boca ao som das ondas!
As noites, ponho-a no pano e vamos passear, faz o 1.º soninho no pano. Querem melhor vida do que a dela? Mas qdo lhe ponho na cama continua rabujenta e acorda mtas x durante a noite...
No domingo já estava passada, já quase a perder a paciencia, cansadissima e cheia de sono e ela, carregadinha de sono, punha-lhe na cama, passados 5 min acordava... Levanto-me já irada, a respirar fundo quando ela se salta com "mama", mm perfeitinho! Claro que me derreti toda e já pode fazer das suas....
A partir daí, qdo acorda chama-me sp" mama". eheheheheh. antes de chorar. lol

beijinhos solarentos
Carla

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Ainda na praia

Continuo na ilha...
Têm sido uns dias de calor, onde a minha princesa se tem deliciado com novas experiencias... O mar, a areia, a relva, o ambiente!
De vez em quando dá uns gritinhos de felicidade. Anda praticamente de fralda, no quintal da casa, desde que se levanta até se ir deitar. Tem feito habilidades novas, todos os dias sai-me com uma!
Decidi ficar na praia, pois com o calor é mais fácil "aguentar" a pequena aqui, visto que ela tadinha em casa sofre com o calor, anda sempre suada e com borbulhinhas no corpo.
Então, peguei na tralha toda e cá estou eu! Derreada! Até porque agora a menina Carmen está em plena fase de angustia de separação e leva todo o tempo feito carraça- Basta perder o contacto visual comigo e desata a chorar. As noites tb não têem sido fáceis, mas cá vamos sobrevivendo.
Estou sem muito tempo, depois volto com pormenores da estadia, por tempo indeterminado

Beijos
Carla

terça-feira, 9 de junho de 2009

Feriados!

O tempo parece que vai ajudar! Andei o tempo todo a ver as actualizações da meteorologia: chove, Não chove, vento, sol... Enfim.
Parece que vamos ter sorte ;) Amanhã apanho o barquinho rumo à Ilha da Armona e lá ficarei até Sábado. Com muita pena, terei que voltar para um casamento/baptizado. Espero ter tempo para voltar novamente à praia. Mas isso teremos que esperar para ver.
Beijocas nossas

P.S. Quem por lá andar que se acuse :)

Carla

sábado, 6 de junho de 2009

A (in)fertilidade

Desde que fui mãe, geraram-se uma série de alterações na minha vida.
A familia passou para 1.º lugar. Talvez esses anos de espera, tenham trazido uma percepção muito diferente sobre a maternidade. ~Hoje tenho esse discernimento, tenho a certeza que apesar do sofrimento, da angustia, da obsessão pelo filho que não chegava, trouxe-me uma maior sensibilidade, mais paciência. mais alegria para testemunhar as pequenas coisas do dia a dia, e agradeçer por esta filha que tive, linda e saudável.
Tenho seguido o meu instinto, e dado muito colo à Carmen. Com 8 meses e meio continua a ser amamentada, dorme comigo se necessário e nunca a deixei chorar. Andou e anda atada a mim. Para muitos tratam-se de maus hábitos, mas sempre que me abordam e dizem que a menina está muito mal habituada, eu pergunto porquê. Tem graça, mas a maioria apenas diz aquilo que lhe foi transmitido, o senso comum, não me sabem dar uma explicação plausivel. Já eu, explico a minha posição, argumentando. Muitas calam-se. É a minha perspectiva.
Tem dado trabalho? SIM! Muito trabalho. Nem sempre consigo arranjar um equilibrio, muitas vezes sinto-me exausta, sem tempo para me dedicar a mim, mas COMPENSA!

Por estes dias, o fantasma da infertilidade tem pairado sobre mim. Começo a questionar-me acerca da minha fecundidade. Será que sou capaz de engravidar naturalmente, não tendo qq tipo de problema? Sem perceber, dou por mim a pensar em homeopatia, acupunctura, tratametnso a recordar tudo o que fiz para engravidar. Surgem sentimentos ambiguos... Por um lado pensar que como qualquer mulher gostaria de receber a noticia inesperadamente, por outro lado, acho qque não era capz de levar por diante uma situação destas descontraidamente. Tenho 5 embriões congelados, e esta questão faz-me eco na cabeça...

O que quererá isto dizer? Uma certeza tenho, gostava de ter mais filhos...

terça-feira, 2 de junho de 2009

Como foram as festas...

Boa noite!

Não tenho tido net... Mais uma semana que se passou, outra que entra... O tempo voa, não pára!

Pois, a carmen assistiu ao 1.º aniversário dos papás. O meu correu bem, foi um dia como tantos outros, apenas convidei os meus pais, sogros e irmã + sobrinha para um jantar cá em casa, para se soprar as velinhas. Tudo mais cedo, para ir deitar a princesa. Conforme planeado, foi bem! Sim Sra!

Na Sexta feira, dia 29 foram os anos do pai! Aqui a coisa já não correu tão bem... O meu marido diz sempre que não quer fazer nada, mas quando chega a hora, acaba sp por fazer uma festinha.

Desta feita, fomos na parte da tarde passear a Albufeira para irmos comprar um a/c portátil. Dentro do carro foi um suplicio, já não tinha mais que inventar para distrair a moça. Chegámos, como não dormiu durante o percurso ficou chatinha que nem tudo e pouca coisa vi, Deixei o meu marido a fazer as compras de ultima hora para o jantar e fui para o carro dar-lhe mama e ver se dormia. Sol de pouca dura... Pouco depois acordou e mais uma vez a viagem de regresso foi um pouco turbulenta! Chegámos ao monte dos meus sogros, o pai começou nos churrascos enquanto eu fui tratar de lhe dar banho e dar o jantar. Aqui os irmãos foram aparecendo e claro está, o lanche ajantarado passou mesmo a jantar tardio. Era pedir demais que a Carmen aguentasse até ao bolinho, pois estava cheia de sono, tinha chegado a sua horinha.

Então lá tive que sair de rompante para vir para casa. NO carro chorava tanto, que me partia o coração, cheinha de sono. Foi chegar a casa, pô-la à mama e em segundos estava a dormir!

Mas que dia hein! Fiquei toda descanecada, super cansada.



Sábado como habitual saimos para ir ao mercado buscar um peixinho. Estava tanto calor que numa questão de segundos decidi ir para a ilha.Isto ao meio dia! Foi ligar o turbo, correr para casa, dar almoço à carmen, fazer o nosso almoço, deixá-la dormir e preparar as coisinhas para apanhar o barco das 3 horas! Ufaaaa. Mas que bela ideia eu tive! Esteve-se tão bemmmmm.

Foi tão bom ver a carmen de biquini a saborear o ar da praia, a mexer na areia, a tocar no mar.

Dormiu que nem um anjo.

Mas como o que é bom acaba depressa, DOmingo estávamos de regresso e cá andamos. A carmene stá muito chatinha, não me quer largar durante o dia. mas em compensação, as noites estão mais calmas.

E assim de vai vivendo por aqui!

Beijinhos muitos

Carla

domingo, 24 de maio de 2009

Cansada do fim de semana

A semana passada foi bem especial! Como vos disse, a Carmen completou 8 mesinhos dia 21 de Maio. No dia seguinte fizémos 5 anos de casados (no papel), pois de trapinhos juntos já vai quase mais outra mão cheia.

Por isso, fomos os 3 jantar fora. O jantar mais rápido da minha existência. Marcámos mesa e reservámos logo um belo arroz de marisco. Portanto foi chegar, colocar a carmen em cima da mesa do restaurante no seu bumbo, e distraí-la com as decorações que lá andavam. Na espera pelo arroz, ainda desviei a pratada e tive que limpar uma cagada da carmen, lol. Pouco depois, a piolha começou a esfregar-se e entrou uma mesa enorme de uma despedida de solteiro, com um barulhão infernal. Tive que tirar a mama de fora e sair. No carro ela já dormia. Chegar a casa, pô-la na caminha e pronto, o nosso 1.º aniversário de casamento com a nossa menina!

A minha menina, vem todos os dias com uma novidade Agora acontece tudo tão rápido. Farta-se de falar lá na linguagem dela, a experimentar novas entoações, e consoantes, às vezes está numa gritaria pegada! Deve gostar de se ouvir.
Os gestos também se vão tornando mais perceptiveis, como palminhas, xau, ...Aguenta-se quando a pomos de pé, agarrada às argolas do parque ou ao sofá. Estica-se toda para apanhar alguma coisa que gosta, virando-se para um e outro lado.
Agora, começa a ficar com uns jeitos no cabelinho, parece que vamos ter aqui uma "ratinha russa encaracolada" hi hi hi. Cada vez está mais parecida com o pai... é verdade...

Comecei a dar-lhe sopa ao jantar, mas ela não vai muito à bola. Prefere mesmo a maminha. Agora já quer mamar de qualquer jeito, ela mama sentada, deitada sobre mim, ao colo... Basta sentir as mamocas perto dela e começa a puxar-me a blusa ou a roçar a cara, ehehehe.

Os dias continuam a ser muito extenuantes, pois a carmen não pára a dormir. É mesmo uma rebelde, não há livro que me valha. Durante o dia, é como ela quer. Ora anda a dormir às meias horas, acorda e já não consigo mais esticar as sestas por nada, ficando parva passado pouco tempo por não ter descansado, ora consigo esticar e dorme mais um bocado, ORA dorme por ela 2 horas seguidas (coisa rara)! Em compensação, as noites têm sido melhorzinhas ( mas é melhor não falar mto). Desde os 5 meses e meio até quase aos 8 meses, foram noites muito mal passadas.

Por tudo isto, levo a semana numa correria, entre cozinha e sopas, roupas, e arrumações. Se quero passear com ela, muito mais não consigo fazer. Vou ao ginásio à pressa, pela boa vontade do meu marido, que lá tenta fazer uma ginástica ao seu horário para puder cuidar dela.
Chega a noite, ela dorme perto das 9:30. Acorda (ou não) passado meia hora antes de ficar de vez. Nessa altura eu já não tenho energia para mais nada! A não ser para tomar um banho e ir me deitar.

Vem o fim de semana, e é limpar, arrumar. Parece que há sempre qq coisa para fazer. Tenho uma trouxada de roupa para passar, nem quero pensar. Amanhã tenho que ir ao meu trabalho, não me dava jeito nenhum, mas tem de ser.

Estou cansada. Vem mais uma semana aí...

Mais uma semana especial. Eu e o meu marido fazemos aninhos, eu na quarta-feira, ele na Sexta.


BOa semana!
Carla

quarta-feira, 20 de maio de 2009

xau xau, beijinhos beijinhos!

Ontem a Carmen foi comigo visitar o meu mestre de Chi-kung. O passeio ao entardecer guiou-me até à aula, e lá fiquei a respirar um pouco energia. Que saudades tenho!
No pano, a Carmen sorria para todos! Fizemos ainda uma especie de Tai-chi as duas. O possivel para quem tem uma bebe atada à cintura. Coincidencia ou não, a princesa dormiu muito bem esta noite.
Hoje, tem levado o dia a acenar! O seu primeiro xau, com toda a certeza! Há bastante tempo que ela está muito interessada nas mãos, admira-as durante bastante tempo, abre os dedinhos, roda delicadamente os pulsos, abana os braços. Ao sol posto levo-a à rua ou à varanda e dizemos adeus à mãe natureza. Hoje, espontaneamente quando dizemos xau, ela faz xau com a mãozinha!
Que alegria, puder testemunhar estes pequenos/grandes gestos!
Já ganhei o dia.

P.S. Amanhã tentamos voltar! Que semana especial. 8 meses da Carmen dia 21! Anos de casada dia 22.

Beijinhos muitos
Carla

segunda-feira, 18 de maio de 2009

"Tá-se bem no Algarve" !!!


Este fim de semana foi bem aproveitado. Muito passeio ao ar livre com a princesa.
Sábado fomos passear ao parque da Alameda. A Carmen ficou maravilhada com as arvores, os pássaros e os meninos que brincavam por lá.
Finalmente a mãe conseguiu ir dar um passeio pela baixa e entrar numa loja sozinha, para puder ver roupa à vontade. Até parece mentira. Tinha feito uma investida na Sexta- Feira ao Forum, *a procura de umas roupitas. Fui com a minha irmã, mais a sobrinha.
A minha sobrinha parecia uma louca a correr nas lojas, a Carmen a tiracolo. Quando quis experimentar a roupa, a minha irmã foi para pegar nela, a filha até se torceu toda com os ciumes, e também a minha Carmen não estava nada satisfeita. Tive que estender uma blusa no meio do provedor e deixá-la a roer uma etiqueta para puder experimentar qq coisinha. Ainda por cima, não vi nada de jeito. Para ajudar, a Carmen estava a ficar parvinha com o sono, parecia uma ciganinha no chão da loja, frente ao espelho, para eu voltar a pô-la no pano. Depois de uma choradeira, deixou-se dormir e claro está, já não pude ver mais nada. Acabei por ir gastar euro na Zara com roupitas para ela.
Como raramente anda de automóvel (privilégio o dela) não está habituada a dormir no ovo. Também desde que lhe tirei do babycoque para lhe por na cadeira de passeio, não adormeçe nem por nada, concluindo: no passeio com o pai, chegou já quase berrando, sem querer o carrinho por nada, e tive que lhe dar colo. Deixou-se dormir pouco depois, mas chegou ao automóvel e pimba. Nada para ninguém.
Cansadissima, não tive coragem para chegar a casa e estar a carregar com ela cá e lá para dormir algo que fosse, então tive a feliz ideia de pedir ao meu marido para tirar o redutor que tinhamos colocado na cadeirinha de passeio e rua com ela. Depois de alguns protestos dormiu por fim. Afinal, ela não gramava o redutor, concerteza que não se sentia confortável, daí não dormir, quando antes o fazia.

Domingo, para aproveitar o solinho da manhã, mal acordou da sua mini sesta matinal, despachamo-la e saimos para ir à praia do barril. Ir apanhar um arzinho de mar ;). Fizemos o percurso a pé até junto à praia. Depois pegámos na Carmen e levámo-la junto ao mar. Estava deliciada! Ficamos na relva a brincar e dps de um consolo de mama, regressámos. Entretanto a minha sogra havia telefonado para irmos ao campo almoçar. Sem nada planeado para tal, lá fomos, A Carmen teve direito a uma sopinha feita à pressão com os ingredientes da horta do avô, e à companhia das primas que não a largaram. Ainda aproveitou o ar do campo para fazer uma bela cagada e sujar-se toda. O pai pegou num alguidar e pusemo-la lá dentro, onde ficou toda consolada.
À tardinha regressámos a casa, e ainda festejou com o pai a vitória do Olhanense! ehehehe. que subiu à 1ª divisao e a nossa rua, sendo na baixa, estava apinhada de gente que comemorava. Muito alcool, bandeiras, apitos e musica à mistura se observava e ouvia nas ruelas.
À Noite, dormiu muito bem e deixou a mãe descansar que tb tem direito.

Hoje portou-se muito bem. Ficou com o pai ao final da tarde enquanto a mãe foi trabalhar. Mas para dormir, falta sempre o colinho da mãe e claro, as suas mamocas. Quando cheguei lá estava a sorrir para mim, à espera do miminho de boas noites e do seu leitinho para fazer o seu ó-ó!

boa semana!
Carla

quarta-feira, 13 de maio de 2009

"O album da minha mãe..."

ainda não tinha tido oportunidade de falar sobre o dia da mãe... Tantos anos a sentir um aperto no coração, uma lágrima a espreitar, pelo filho que não vinha...
Este ano, chorei como uma criança... Chorei por a puder ter nos braços, num misto de alegria e compaixão por todas as mulheres que lutam por ti.

O meu grande amigo, companheiro, amante preparou-me nas suas poucas horas vagas uma surpresa que irá ficar para sempre gravada no meu coração.
Sempre que eu me ausentava, me ia deitar, de manhãzinha quando ele ficava com a Carmen antes de ir trabalhar, andava com a filha agarrado a um album que foi compondo da nossa jornada, com fotos e comentários de muitos momentos chave nas nossas vidas.

Qunado no dia 3 de Maio mo deu, estava vedado, pelo que quando rasguei o papel, sorri lendo : "O album da minha mãe". Pensei: boa! um album para colocar fotos, Obrigada! Mas viu-o expectante, á espera que eu abrisse o album!

Quando abri-o, fiquei paralisada. As lágrimas corriam-me de fio, a cada página que ia esfolheando.

As primeiras palavras, juntamente com uma foto no momento em que tiraram a Carmen da minha barriga e a puseram em cima de mim, jamais serão esquecidas:

"Querida Mãe,
pelas noites de sofrimento, pelos dias de desespero,
na esperança de um dia me teres... por tudo o que passaste,
por tudo o que sofreste, para me veres nascer...
e por nunca teres desistido de mim,
um beijo especial neste primeiro dia da mãe"

OBRIGADA!

bijinhos muito grandes, em especial a todas as que lutam pela chegada do milagre

Carla

domingo, 10 de maio de 2009

Azia ao Pc

é o que a carmen tem...
não me pode ver aproximar do pc, e pimba! Torçe o nariz, chora, não quer! Eu sou só dela, não gosta de me dividir com as máquinas.
Torna-se dia para dia mais dificil trazer noticias e comentar nos vossos cantinhos. Não me levem a mal, tento lê-las, mas comentar é mais dificil, embora continue a acompanhar as vossas vivencias.
Hoje a Dina despediu-se do grupo de apoio, e eu senti um misto de emoções, fiquei com a lágrima no olho, ri, sorri... emocionei-me com todas as histórias, todos os milagres, todas as barrigas que ainda hão-de vir. Para mim, é também um ponto de viragem, de passagem de testemunho.
Gostaria de ver alguma menina abraçar este projecto, moderar o grupo, pois para mim, sozinha é humanamente impossivel. Fica a promessa de nos encontrarmos para uns cafezinhos e é claro que tal não é impeditivo que venham partilhar connosco outras meninas, que por um motivo ou outro ainda não apareceram.

A Carmen está linda! É só baba ;) Cada dia mais conversadora, adora mexer no que não deve! Com ela, o tempo passa a correr. Dias há em que sinto-me mais energica e jogo-me a tudo:casa, ginásio, ela, comidas.
Outros em que me arrasto, que detesto olhar-me ao espelho e estou desejando um pouco de tréguas para puder descansar.
Estou cansada, mas feliz! Este mês é especial. Mês das mães, faço também anos de casada, eu e o meu marido também fazemos aninhos e temos o nosso rebento connosco a encher a nossa casa de amor e alegria.

O meu marido já me anda a falar do maninho(a). Eu acho que a carmen ainda é muito bebe, mas não vai demorar muito tempo até me decidir novamente antes que perca a coragem... mas isso são outros 500.

Muitos beijinhos cheios de luz para todas

Carla

terça-feira, 28 de abril de 2009

7 meses


6 meses já se passaram! Venham outros 6...
Agora nós, andamos ausentes. O tempo não dá para tudo e agora com mais as ementas da Carmen torna-se complicado gerir (como sempre) tarefas domésticas, rotinas, brincadeira, passeios e um tempinho para mim mais o trabalho.
Estar em casa é gratificante. Acompanhar o seu desenvolvimento par e passo, no entanto não existem grandes pausas, para descontrair a cabeça, como as há, quando os pimpolhos estão na creche.
Pois a nossa Carmen está a crescer! Este ultimo mês e meio foi terrivel em termos de noites mal dormidas. Melhora, piora... agora já nada digo. Neste momento, tenho-me deitado com as galinhas, tipo 10 e tal, 11 horas da noite. É a unica forma de conseguir dormir qq coisa, pois é a altura em que a princesa dorme melhor. Depois da 1 da manhã começa a aventura e se me deitar perto dessa hora, quer dizer que nem vale a pena. Então, as coisas têm corrido melhor assim.
De dia para dia, é vê-la a fazer gracinhas novas e a tentar imitar-nos nas palhaçadas. As preferidas dela neste momento são a "burinha velha", dar "peidinhos com a bocA", andar de lingua de fora, fazer uma série de sons novos, apertar-nos e beliscar-nos e dar palmadinhas.
Nos brinquedos é mais porradas! eheheheh. Aguenta-se a brincar com os seus amiguinhos por algum tempo e já vai conseguindo tolerar o parque, onde lá fica a olhar-se ao espelho e a colocar tudo o que encontra na boca, mas por pouco tempo.
Lá fica sentada, vira-se para um lado, para o outro, agarra os brinquedos, passa-os de mão em mão e abana-os. Fica encantada com os barulhos que vai conseguindo fazer, com os chocalhos e cª. Nós pômo-la de barriga para baixo, ela não gosta muito mas já vai melhor. Já se aguenta melhor das perninhas quando a pomos em pé, mas o forte dela é mesmo estar sentadinha!
Quanto às sopinhas, já come muito bem ;) Começámos agora com a carne, ela vai abrindo a boca.
Dou-lhe maminha antes do almoço, visto que segundo consta, os sólidos são complemento do leite materno e não ao contrário, pelo menos até ao 1.º ano de vida, pelo que nem sempre come a sopa toda, mas arranja sempre espacinho para a fruta, que adora.
De resto, cá andamos. Aqui a mamã tenta por-se em forma, mas nem sempre é possivel, sobretudo quando as noites são mal passadas, falta-me a energia para o dia. A falar nisso, vou começar a tomar um xarope homeopático revitalizante, pode ser que me dê mais genica, para os dias.
beijos
Carla

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Depois da tempestade...

A tempestade abrandou! Ca estou um pouco mais "fresquinha". As ultimas semanas não foram fáceis. Não sei o que se passou, mas a Carmen começou a dormir mal à noite e obviamente, se ela não dorme, muito menos eu. Levava muito tempo até ficar de vez e depois andava a acordar quase de hora a hora, até que se lembrava em plena madrugada que não queria dormir mais, e depois deixá-la dormir?
Andei completamente exausta. Mas quando ando nestas fases, ou seja qto menos durmo, mais activa ando e não consigo dormir. Num piscar de olhos perdi quase 3 kg, deixei de ter energia para treinar e andava sempre esfomeada, mas sem tempo para comer.

Cá por casa, foi um stresse até atinar com os horários para as nossas refeições e para as da Carmen. A menina comia, pouco depois começava a esfregar-se toda e lá ia eu tentá-la adormeçer. Com isto o almoço ficava para as tantas e por vezes já a altura da fome se tinha ido.

Mas agora as coisas estão melhores. Há noites ainda em que não dorme bem, mas nós habituamo-nos a dormir 4 a 6 horas por dia. Talvez estivesse mal habituada, pois a Carmen sempre foi um bebe muito bom de dormir.

Vamos às novidades. São tantas!
A Carmen parece um texugo, uma bolinha. Embora o peso esteja ligeiramente acima do normal, como é pequenina, enche bem o colo. Andar mais tempo com ela cá e lá, vai lá vai! As costas até chiam.

Quanto à comida. Depois das 1ªs colheres muito timidas, em que nada comia, agora está sempre de boca aberta, marcha tudo sem reclamar. Papa, sopa e fruta. Tenho-lhe dado a olho, mas tento que não ultrapasse os 150ml. Num instante vai e depois ainda pede mama.
Por enquanto ainda não passa sem a mama depois de comer, mas acaba por mamar pouca coisa e o retso é consolo.
As cagadas estão demais. Meu deus, santo rabinho! Não sei como consegue fazer aqueles presentes tão grandes. Chega a ser 3 por dia. è vê-la a comer a sopa e levantar o rabo meio de lado e já está! Mas não reclama, se não ouvisse ou não lhe cheirasse era capaz de andar borrada, já que para o pai, ela nunca está cagada, não lhe cheira a nada, lol.

No dia 1 de Abril, de um dia para o outro começou a sentar-se sem apoio. Adora explorar as mãos e entretem-se com os brinquedos que lhe vamos dando. Fascina-se no entanto, muito mais com pequenas coisas, como lenços de papel, um pedaço de plástico, um taparuere, as garrafas de água, o frasco do soro fisiológico ou seja tudo que ande por casa parece ser mais interessante que os seus pp brinquedos.
Não gosta muito de estar de barriga para baixo, mas eu vou-lhe enganando. Ponho alguns brinquedos e ela lá fica a esticar-se. Começa tb a estabelecer causa e efeito, então é vê-la a dar porradas no piano ou bater na lagarta pois apercebe-se que se o fizer sai som.
Ela adora música. Fica fascinada com os sons, treme toda quando vê a minha guitarra e continua muito observadora.

A fase de chorar cada vez que lhe olhavam tb já passou. Agora está muito simpática e até é capaz que lhe deixem pegar ao colo. Adora puxar os narizes, ou agarrar-se às bochechas com força. Se tiver óculos ou uns pendiricalhos, então, é o deleite.

Já passeamos no seu carrinho novo. Tirei-lhe do ovo e é vê-la toda direita a contemplar tudo, Parece que agora já não faz tantas pirraças, mas acho que tem mais dificuldade em deixar-se dormir, pois quer estar atenta a tudo.
Ontem montei o parque herdado da sobrinha e pu-la lá dentro, lá ficou toda contente.

A minha casa parece um parque infantil, com cantinhos e brinquedos por todo o lado! É que não é nada fácil dar conta do recado. A Carmen continua a sugar-me as atenções todas, depois são os afazeres da casa e algum trabalho que tenho que fazer.
Pelas primeiras vezes, ausentei-me. Deixei-a com o pai enquanto fui dar umas consultas. Como já tem outras alternativas, como a papa, consigo sentir-me mais à vontade, embora eu pareca uma panela de pressão, sempre que se aproxima a hora de sair e ainda não estou despachada.
É que só conto com o meu marido, e ele comigo.

Como vêem, a vida por cá continua a 1000 e pouco tempo resta-me para mim, para vir à net durante o dia.

As peripécias das férias da Páscoa ficam para outro post que este já etsá longo.

beijocas com saudades
Carla

segunda-feira, 30 de março de 2009

A 1ª papa!

A Carmen anda murchinha. Talvez sejam dentes, talvez não...
Ontem começou com uns espirros e tosse. Hj a tosse aumentou e ficou com um pingo no nariz.
Vai lá de soro e aspiração. Isto atrapalha as sonecas e eu ando tão exausta das noites mal dormidas que por x nem tenho coragem de insistir com ela, sabendo que se o fizesse ela dormia mais um bocado. Assim, quando já não tenho energia, amarro-lhe a mim e andamos a fazer os afazeres da casa, ou pego nela e ponho-a no carrinho e vamos passear para ver se ela dorme.

Vamos às papas! hihihi. No Sábado, ao almoço a Carmen viu pela 1ª vez uma colher malandra a meter-se com ela. Com todos os apretechos à mão, telemovel a punho para filmá-la iniciámos a aventura. Ela estava meio apardalada com a novidade e abriu a boquinha para provar umas qtas colheres. Pouco depois começou com nauseas e parei. Fizemos uma festa! Depois foi o almoço a sério, as mamocas está claro.

Domingo, a experiencia foi diferente. Fomos almoçar com os meus pais e o meu marido colocou uma amostra que lhe tinha dado de papa, para não andarmos com o pacote atrás. AFiz a mistura e aquilo ñão ficou igual: mais grossa e com outra aparência. Desta vez a carmen não esteve muito virada para ali, embora tivesse aberto a boquinha. Juntei mais água e nada. Afinal o bom do meu marido, não reparou e como a imagem da amostra era igual à do pacote, não suspeitou que fosse diferente. Mas era! Era daquelas que tinha que ser preparada com leite e não com água. Ficou desculpada a minha filhota.

Hoje voltámos à carga. Para não desperdiçar coloquei só o fundo do prato com água (uns 50 ml) e misturei a papa. Deixei mais ralinha para ver a reacção. Então não é que a Carmen abria a boca, parecia uma desalmada a devorar a papa??? eh eh eh. mais houvesse mais comia. Correu bem! Tá claro q depois quis sobremesa e mamou. Não sei onde ela põe tanto alimento.

De qq forma, mm mamando já estou a sentir o peito a ressentir-se, fica mais cheio. Estou a ver que terei de recorrer à bomba, até aqui não tinha visto essa necessidade.

Estaremos a papa 5/6 dias e dps começamos com a sopa. Lá para quarta ou quinta-feira já nos vamos aventurar nas frutas. Depois trago novidades quentinhas.

beijocas e boa semana