sexta-feira, 14 de outubro de 2011

e para aprenderes

a ficar caladinha, toma lá uma noite de cão.
A Eva não me deu descanso... desta x, para além de estar impertinente, notava-se o seu desconforto, porque raramente chora, e notava-se que a miuda estava em sofrimento. Queria dormir, dava voltas e voltas e pc dps acordava outra vez. As bolas homeopáticas não pareciam estar a resolver o problema e o desespero dela (e meu) já era tanto que tive que lhe dar um ben-u-ron. Dps disso dormiu que nem um anjo. A decisão só pecou por tardia.
Ajeito-me na almofada pela centesima vez e começam os gritos da Carmen. Quer a mãe, levanta-se o pai que logo se deita e continua os gritos pela mãe. Levanto-me trôpega e sem norte e já sem saber o que faço, ela pede-me uns bonecos e eu vou buscar. Erro fatal! è CLARO que dps começou o dessasossego por conta destes, pq queria se aninhar e com os bonecos não tinha espaço suficiente, e dps queria a mãe, não queria que me fosse embora....dps de algum tempo sentada de cadeira, saio, ela pede xixi, levanto-me outra vez, já com as cuecas molhadas, toca a vestir outro pijama.... por fim fui deitar-me já n aguentava mais a pedrada e ela ainda ficou a chamar por mim, mas aquilo já era capricho e acabei p desligar.

Hj é que foram elas pra levantar. Talvez sinta mais o peso pq o meu corpo está todo moido do ginásio... O marido já sai tarde, eu decido ir levar a Carmen. *perto da creche grita q lhe doi a "totinha". Penso que é das voltas que dá na cadeira e q o cinto podia ter magoado.
Afinal mijou-se! Um filme, já n queria sair do carro, queria ir pra casa, parecia um porquinho na matança.... Digo que não faz mal, que acontece, que lhe mudo a roupa e que não conto a ninguém, pois o problema dela era que soubessem. Já no wc, um filme entre gritaria e choro. vou à sala buscar uma muda de roupa. Regresso já a pequena Eva berra assustada com os gritos da mana.
Veste-se e não quer ir para a sala. Vejo-me ali num momento de aflição da miuda, com a outra agarrada tb. tive que deixar a Eva numa cadeira, ficou super sentido e tentar consolar a Carmen a tentar que se acalmasse. Dps daquela cena hilariante aparece a educadora que a leva a ir buscar bolachas, já vai plo corredor sem chorar... ufa ufa...
começamos bem o dia.
A Eva já só quer andar agarrada às coisas, está dificil gerir as coisas no trabalho, sobretudo de estou assim, mais desgastada. Espero que o efeito da ginástica passe rápido e que o corpo se habitue, para eu puder estar mais disponivel pra elas tb, porque sinto que isto me deixa tb mais impaciente e irritável.
bom fim de semana

3 comentários:

Dina disse...

xiii amiga que noite e que manhã!! São duas e ambas precisam da mami.
Paciencia e força.

beijocas

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Ai, com 2, de noite, deve ser uma aventura!!!

Luna disse...

não está facíl, fizeste mto bem dares benuron, pediatra do meu sempre disse sempre que notar ele ficar mto irrequieto durante a noite não pensar 2x as melhoras da Evita.
bjos