terça-feira, 27 de abril de 2010

Mais uma empreitada

agora mais um desafio-o do sono!
A adaptação às manhãs está a correr bem, felizmente! Ainda tenho que acertar agulhas no que respeita ao almoço, pois vou buscá-la ao meio dia e vem perdida de sono no caminho. É entrar directo em casa para pô-la a dormir. Depois só almoça quase às 3 da tarde, mais um pouco na hora do lanche. Hj andei a correr para ver se isso não acontecia, e consegui dar-lhe o almoço antes de a deitar, mas tb porque hj acordou um pouco mais tarde que o habitual. Caso não consiga alterar este pormenor, vou ter que levar o almoço para lhe dar na casa do meu tio. O chato é que nem sempre tenho o 2.º prato preparado, e a priminha dela tem horários diferentes, aguenta-se mais um bocado e ao meio dia não tem o almoço feito...
Fora isto os nossos dias vão-se repetindo, com alguns passeios e as rotinas habituais. Este fim de semana, no Sábado foi esfregar a casa o dia todo e Domingo mesmo sem querer fomos parar à praia de espanha, sob um calor tórrido~. Não fomos precavidos, ainda assim a Carmen pôde deliciar-se com a areia e o mar, dava gritinhos de felicidade, destemida sem medo nenhum do mar e das ondinhas, lá andava ela cá e lá a apanhar conchinhas e a atirar para o mar! Depois de almoçarmos seguimos para o jardim municipal de Ayamonte que alberga uma espécie de zoo. escusado será dizer que a Carmen ficou encantada! e como o dia prometia, no regresso passámos por Tavira e fomos comprar uma tendinha ao shopping para a miuda. Estoirada estava ela, e volta e meia tirava umas folas curtas. De saída liga a avó para irmos ao campo e a Carmen arrastou-me para dentro da piscina. Inaugurou o 1.º banho do ano, e eu fui a reboque de tunica e tudo. Estava bastante calor.... soube bem. E sabe ainda melhor ver que a minha menina vibra com estas pequenas coisas e é feliz.

Mas bem, voltando à odisseia do sono. É a próxima etapa, para que se vá adaptando com calma e não sentir ou associar as mudanças à chegada da irmã.
Ora a Carmen nunca foi um menina de dormir muito, raras vezes (até hoje) dormiu uma noite inteira e tem despertares muito frequentes durante a noite. Isso deixa-me estoirada, mas como em tudo, acabamos por nos habituar. O problema é que ela tem uma fortissima associação da mama para adormeçer. E mudar isto? Não me importo que no ritual da noite acabe por dar-lhe maminha, pois é o nosso momento de sossego e aconchego, preocupa-me antes que não se deixe dormir de outra forma, nem com outra pessoa. Mais preocupante ainda é acordar de madrugada e precisar que lhe ponha a mama na boca para adormecer. Isto nao pode continuar assim, para bem dela, de nós e da mana que aí vem. Por isso mesmo andei a pesquisar e a pensar estratégias para tentar alterar este padrão. Curioso é que parece que leu os meus pensamentos e estas 2 noites dormiu mto bem.
Mas tem que haver coerencia e convicção e eu não poderei vacilar. Primeiro vou tentar ver como correm estas noites, tentar que de madrugada readormeça sem mama. Pensei em trocar de lugar com o meu marido, mas para mal dos meus pecados, ele à noite não reage, é uma pedra. Não posso contar com ele, portanto aqui tenho entrave :(. Mesmo assim vou experimentar. Explicar-lhe que a mamã so dará maminha quando o sol nascer, dar-lhe uma massagem, falar com ela... não sei! O passo seguinte será mudá-la para o seu quartinho. Mas isso só acontecerá qdo chegar o calor. Já mandei fazer ao carpinteiro uma cama gaveta para colocar debaixo da sua caminha pois estou a imaginar na cama dela com as voltas baldrocas e se estatelar no chão.
Quanto à outra princesa, estamos nas 20 semanas. Para a semana que vem temos consulta.

Beijocas
Carla

1 comentário:

Luna (Dina) disse...

Muito bem a princesa daqui a pouco esta uma mulher e começa a dormir sozinha.Aproveito pra te deixar uma beijoca e feliz dia das mães, sim porque tu és uma mãezona