terça-feira, 22 de março de 2011

Estou angustiada

sempre que vou com a Eva á fisioterapia, venho de lá com um sentimento de incompetência...
A pediatra sempre que a vê, diz que está ótima, que para me sentir priviligiada por puder disfrutar de fisioterapia... enfim. Ela senta-se sem apoio, come a sopa com bom grado, é uma bebe risonha e calma. Muito disciplinada no sono e não é de grandes choros, pelo que, sempre que chora, fico logo de antenas no ar, pq se deve passar alguma coisa....
Acontece que continua a ir semanalmente à fisioterapia e esta semana para mim foi a gota de água.
Ora a Eva tem muita força nas pernas e sp que apanha algo quer empurrar, esticar, fazer força, coisa que não pode segundo a terapeuta. Em contrapartida, tem pouca força nos braços...
Ela estica bem o pescoço, fica de bruços a brincar, mas ainda abre mto os braços e quer esticá-los para trás. Frequentemente tem a mão direita mais fechada que a esquerda.
Em casa, tento estimulá-la mas não posso estar exclusivamente com ela. A menina vai-me acompanhando nas minhas lides domésticas, nos afazeres normais que temos, na ida ao infantário da mana, no tempo a 3....
Enquanto dorme, tento treinar, recorro ao pc para fazer o meu trabalho ou analisar os meus casos. aNDo sempre a fugir. Quase todos os dias acordo às 6:30 e dou de mamar de 3 em 3 horas ou menos de noite.
Depois tenho a princesa Carmen, cujo sentimento de culpa se apodera de mim, por passar tão pouco tempo com ela (embora tente passá-lo o que tenho exclusivamente para ela), qdo chega da escola, nos dias que não lhe vou buscar, estou na clinica a trabalhar, e depois chego e é sempre a abrir para dar banho à irmã e po-la a dormir. Quando regresso, o pai já a tem sentada pronta a jantar. Anda naquela fase em que só quer o pai para tudo e qdo brinca comigo, às x chega a chamar-me pai :( tem adoração pelo pai e o pai rejubila-se por este fascinio que a miuda tem por ele...

Hoje... vou à fisioterapia e a terapeuta diz-me se tenho feito os exercicios com a Eva. Eu faço os exercicios com ela, mas não sou só eu que esotu com ela. como é uma bebe calma, é bastante tentador deixá-la a entreter-se com qualquer brinquedo! Oh se é! O pai dedica-se à carmen, eu levo os dias a fugir e às vezes tenho um cansaço mental tão grande que parece que fico paralisada, sem vontade de fazer nada, MAS insisto com ela.
E depois ouço que a Bebe não está a fazer força nenhuma no braço direito, que esta altura é crucial, que assado, frito e cozido... e que terá que vir 2x p/ semana!!!! E tempo para me ir meter no hospital???? O que me está a escapar????

ÁS vezes questiono-me se vou na direcção certa. Como trabalho a meio tempo, às vezes faço trabalho em casa, todos pensam que tenho uma bela vida, sentem-se no direito de cobrar...
O que é certo é que eu vivo em função das minhas filhas, e parece que mesmo assim permanece a sensação que estou a falhar como mãe...

enfim, estava a precisar desabafar

5 comentários:

Dina disse...

oh amiga quantas vezes eu ja senti essa mesma sensação de estar a falhar... mas tenho a ceretza que não estás. Não é fácil conjugar tudo, temos sempre de colocar alguma coisa de lado, porque não somos super-mulheres. No entanto tenho a certeza que somos super mães e estamos lá quando é preciso. Relaxa amiga as coisas vão se compor.

Luna disse...

Penso que não estas a falhar em nada, tens feito um óptimo trabalho.
os bebés tem optimo puder de recuperação vais ver daqui uns meses já vais ver diferenças. Olha em relação as tuas dúvidas em relação a isso pq não pedes 2 opinião?
bjocas
Luna

mikasha disse...

Minha querida Carla
Há dias dizias que a tua menina Carmen estava demasiado agarrada a vós, Pais. Hoje estás angustiada por pensares (!!!!) que a vida (não é tempo, é vida) que lhes dedicas pode não ser suficiente...
:)
És para mim um exemplo, uma parte daquela que seria a "colagem" da mãe ideal: um bocadinho de ti, um bocadinho da minha mãe, um bocadinho de mim...
Não te angusties. O rosto das tuas meninas espelha felicidade, uma felicidade que só pode vir e ser construída por um grande amor de MÃE

Um beijo apertado
Mikas (do fórum)

Clinica disse...

Obrigada pelas vossas palavras. Há dias menos azuis ;)

Sophie disse...

nao estás a falhar em nada, antes pelo contrario!!!

um bjinho mt especial