quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Momentos de consulta

Ontem como vos disse fui à consulta. Estava ansiosa por vê-la!

Desta vez não esperei muito e fui atendida rapidamente. Depois das perguntas de rotina, às quais nada tenho para me queixar, fomos fazer a ecografia. Apenas disse ao médico que achava que ela não estava ainda posicionada...


Assim foi. O Dr começou à procura da sua carinha, mas a papoila estava aninhada de tal forma que não foi possivel espreitá-la. Disse-me que estava tudo bem com ela, que pesava 2109 kg mas que se encontrava em posição transversa. O meu primeiro sentimento foi de preocupação e de duvidas.


Agora percebo porque a sinto tanto cá em baixo! Ela está deitadinha numa caminha de rede, com a cabeça nas minhas costelas do lado direito, o tronco perto do umbigo e o rabo e pernocas do lado esquerdo.


Naquele momento, começei a querer perguntar se havia a possibilidade de ela ainda dar a volta, e o médico apenas me diz que vai correr tudo bem, que a bebe ainda tem tempo para se colocar em posição cefálica... mas este tipo de respostas não me consolam, pois prefiro estar consciente de todas as hipóteses, ou seja da possibilidade de ela ficar assim atravessada, sendo necessário recorrer a uma ceseriana.

Então digo-vos que saí de lá com um misto de emoções: alivio: por ela estar a desenvolver-se bem, preocupação: porque sempre tinha pensado no parto normal e uma grande irritação: por falta de respostas mais consistentes do médico.

Depois tive que ir para o consultório trabalhar e fiquei com isto na cabeça, não tive tempo de digerir e compor as coisas cá dentro de mim.

Obviamente que quando cheguei a casa, depois de passar umas roupitas da Carmen, fui para o computador pesquisar e pesquisar... e tive tempo para digerir estas novas noticias.

Bom, de facto descobri que o bebe apenas assume uma posição definitiva às 37/ 38 semanas, e até lá (agora tenho 33) muita coisa pode acontecer.
Depois, o óbvio: tenho andado tão ocupada e preciso falar muito com a minha princesa ;). "Explicar-lhe" o caminho que ela tem que seguir...
Descobri também que a acunpuctura poderia ser uma ajuda nestes casos. Nem mais, vou me aconselhar junto do médico com o qual fiz acunpuctura antes e durante o tratamento de fertilidade, e seja o que a Natureza decidir.

O que interessa é que tenho a minha menina aqui comigo, bem! E talvez esta questão se coloque por eu ter sempre idealizado um parto natural, o menos invasivo possivel, factores que se associam às minhas próprias convicções. Mas isso é outra história.

A partir de agora é preparar-me também mentalmente para uma possivel ceseriana.
Agora só tenho consulta daqui a 1 mês. Eu por aqui vou intercalando com momentos de lazer, trabalho e preparação do ninho!

Beijinhos algarvios a todas
Carla

9 comentários:

Maria Pereira disse...

Tens razão, o importante é que a tua menina esteja bem. E vais ver, ainda vai muito a tempo de dar a volta e ficar numa posição confortável, mesmo a tempo de um parto normal. Mas se for cesariana, tb o importante é que tudo corra pelo melhor.

Uma beijoca miga

Susana Pina disse...

Ohhh!!! Mamãnzita linda, então? Para quê já essas preocupações??? Aindam faltam umas semaninhas, vais ver que a Carmen vai colaborar contigo.
Nada de receios.
Bjs doces e tranquilos
Susana

Sem Desistir disse...

Minha querida, o que existe é mesmo falta de diálogo com a tua papoila. Toca de lhe explicar, diariamente, o percurso que tem a percorrer, ehehhehe.
Tenho a certeza que a Natureza estará no seu melhor quando chegar a tua hora, querida. Até lá, mt energia positiva!!!!!!
bjos

PS: Deves estar uma grávida girrérrima, lol

Gato(a) disse...

MINHA QUERIDA vamos ter pensamento POSITIVO.
Vai correr tudo bem.

Bjinhos

Sandra Neves disse...

Olá mamã Carla!
Tal como tu tb nunca encarei a cesariana como uma possibilidade, só às 37 semanas qd fui internada com risco de pré-eclampsia é que tive que pensar nisso e comecei a lêr algumas coisas. Mas afinal tudo acabou num parto natural e acredito que contigo tb, a Carmen ainda tem muito tempo para dar a volta, não stress. Se tiver que ser uma cesariana, que seja, importa é que ela chegue perfeitinha e com muita saúde.
Beijinhos Positivos
Sandra

Luna (Dina) disse...

oh minha amiga relaxa...ja sei nesta altura queremos sempre respostas de certezas ...so que certezas nao existem. Amore vai correr tudo bem.

beijocas
dina

Nykita disse...

Amiga eu compreendo que a gravidez deve ser um misto de emoções, mas pensamento positivo , conversa com a tua a tua princesinha e verás que ela te irá ouvir.

beijinhos xeios de carinho

Angel disse...

Carlinha, estas tão bonita e moreninha. Deixa-me te dizer que tens um vestido mto bonito.
Fico mto contente por estar tudo bem com marota Carmen.
E querida vai correr tudo bem.
Bj mto grande!

Eu... disse...

Minha querida Amiga, o que importa é que a Carmen está bem e só isso mesmo, o que vai acontecer no belo dia do nascimento, só na altura se decide, imagina que até já estava posicionada e no dia tinhas de fazer cesariana à mesma, é normal né? não vale a pena estares a sofrer por antecipação e como tu própria pesquisas-te, a posição muda entre as 37 e as 38 semanas e a menina Carla ainda só vai nas 33...

Amiga relaxa e idealiza o teu tesourinho dentro de ti, e que muito em breve vai estar nos teus braços, agora como vem ao mundo, não te preocupes, deixa para a altura ser decidido, desde que esteja bem, o resto não importa!

Estás linda (Carmen) porque só vejo a barriguinha, enormeeeeee!

Beijoquinhas do tamanho do mundo!
Cakuxa